Pressionado, Bahia abre a sua participação na Sul-Americana contra o Nacional-PAR

Esquadrão de Aço e Tricolor do Paraguai se enfrentam nesta quarta-feira, a partir das 21h30 (Horário de Brasília), na Arena Fonte Nova

Lance

Lance

Lance

A noite de quarta-feira promete render muita emoção na Arena Fonte Nova. A partir das 21h30 (Horário de Brasília), Bahia e Nacional-PAR iniciam as suas trajetórias na Copa Sul-Americana.

Como chega o Bahia?

O Tricolor vive dentro de uma legítima panela de pressão. Após a eliminação precoce na Copa do Brasil e revés para o Vitória no último fim de semana, Roger Machado e elenco sofrem com questionamentos da torcida.

Internamente, o treinador ainda tem a confiança da diretoria, principalmente do presidente Guilherme Bellintani, porém, a vaga na próxima fase do torneio continental é fundamental para a sua estabilidade no emprego.

A escalação da equipe é guardada a sete chaves por Roger Machado. A tendência é que aconteça algumas mudanças, cujo objetivo é amenizar a crise.

Como chega o Nacional?

Se o Esquadrão de Aço chega ao duelo pressionado, o mesmo não acontece com o time paraguaio. O início de ano é positivo, com o quarto lugar do paraguaio e em alta com a torcida.

Para o jogo fora de casa, o Tricolor aposta nos gols de Guillermo Beltrán, principal nome da equipe neste começo de ano, com dois tentos.

Prováveis Escalações:

Bahia: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Flávio, Gregore e Daniel; Élber, Artur Kaíke e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Nacional-PAR: Juan Espínola; Juan Franco, Ricardo Garay, Luís Cabral e Farid Díaz; Franco Costa, Cristián Riveros e Edgar Zaracho; Julián Benítez, Leonardo Villagra e Guillermo Beltrán. Técnico: Roberto Torres.