Presidente do COI rejeita incluir eSports na Olimpíada por violência

Thomas Bach afirma que jogos eletrônicos são seguem valores olímpicos. Em julho, o COI realizou um seminário sobre e-Sports na Suíça

Thomas Bach é contrário à inclusão de esportes eletrônicos nos Jogos Olímpicos

Thomas Bach é contrário à inclusão de esportes eletrônicos nos Jogos Olímpicos

Divulgação/COI

No que depender do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, os esportes eletrônicos (eSports) não entrarão no programa dos Jogos Olímpicos tão cedo. Durante a cerimônia de encerramento dos Jogos Asiáticos, nesta semana, em Jacarta, na Indonésia, o dirigente fez duras a esses esportes, que, segundo ele, são marcados por violenta e discriminação.

Veja mais: Jogadores 'reclamam' dos ratings no FIFA 19 em vídeo bem-humorado

— Não podemos ter no programa olímpico um jogo que promova violência ou discriminação. Os chamados jogos assassinos são, do nosso ponto de vista, contraditórios aos valores olímpicos e não podem, portanto, ser aceitos. Claro que todo esporte de combate tem suas origens em uma luta real entre as pessoas. Mas o esporte é a expressão civilizada disso. Se você tem eGames onde se deve matar alguém, isso não pode ser alinhado com nossos valores olímpicos – disse Bach, em entrevista à Associated Press.

Alguns dos jogos eletrônicos mais populares, como League of Legends, Fortnite e Rainbow Six, são caracterizados por combates com armas. Bach, que foi esgrimista e faturou uma medalha de ouro em Montreal-1976, afirmou que há diferenças de conceito envolvendo os eSports.

— É claro que todo esporte de combate tem suas origens em uma luta real entre as pessoas. Mas o esporte é a expressão civilizada sobre isso. Se você tem egames para matar alguém, isso não pode ser alinhado com nossos valores olímpicos – opinou o dirigente.

Veja mais: Homem-Aranha PS4: jogo apresenta cena surpreendente pós-créditos

Em julho deste ano, o COI realizou um seminário sobre e-Sports em sua sede, em Lausanne, na Suíça. Desde então, houve uma movimentação em torno da profissionalização de ligas de competições que envolvam torneios com jogos que reproduzem competições esportivas.

Os Jogos Asiáticos deste ano foram o primeiro evento multiesportivo a incluir competições eletrônicas no calendário. Para a edição de 2022, os organizadores podem sofrer mudanças para se aproximarem dos valores olímpicos.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Conheça Modric: onde ele está, estão sua família e seus amigos