Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Presidente da FIA é investigado por interferência em resultado de Grande Prêmio da Fórmula 1

Relatório sobre o caso, que envolve Fernando Alonso, deve ser apresentado nas próximas semanas

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

Mohammed Ben Sulayem, presidente da FIA, está sob investigação por conta de uma suposta interferência no resultado do Grande Prêmio da Arábia Saudita de Fórmula 1, de acordo com informação divulgada pela BBC.

Segundo a alegação anônima enviada à FIA, Ben Sulayem teria feito uma mudança em uma decisão relacionada com uma penalidade de Fernando Alonso no GP da Arábia Saudita de 2023. O presidente da entidade supostamente teria alterado uma punição que originalmente retiraria o piloto espanhol do pódio da corrida. 

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Até o momento, Bin Sulayem e a FIA não se manifestaram sobre a interferência. Ainda de acordo com a denúncia, Ben Sulayem teria ligado para Abdullah Bin Hamad bin Isa Al Khalifa, vice-presidente de esportes da FIA na região do Oriente Médio e Norte da África, e pedido para tirar a punição dada a Fernando Alonso. 

Publicidade

Na ocasião, o piloto havia levado uma penalidade de dez segundos por tocar seu carro prematuramente enquanto cumpria uma outra punição.

➡️ Verstappen brilha no Bahrein e vence primeiro GP da Fórmula 1 em 2024

O comitê de ética deve levar de quatro a seis semanas para apresentar seu próprio relatório sobre o assunto. De acordo com a rede britânica BBC, personalidades da F1 confirmaram a informação. Caso confirmado, Mohammed Ben Sulayem pode sofrer com severas consequências na entidade.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.