Preocupação com esposa, emoção, Palmeiras: o dia de Luxa no hospital

Treinador passou por cirurgia, tem alta prevista para esta sexta-feira e se emocionou ao pedir para esposa ficar em casa e evitar contágio por covid-19

Lance

Lance

Lance

Na semana em que o Palmeiras volta à Academia de Futebol, mesmo que só para avaliações físicas no gramado, Vanderlei Luxemburgo viveu uma quinta-feira bem diferente. O treinador passou por cirurgia para retirar a vesícula e, em meio à tranquilidade com o procedimento, houve o foco em se recuperar logo, para voltar a trabalhar, e até momento de emoção com a esposa. Nesta sexta-feira, deve ocorrer a alta, com a necessidade de repouso em casa.

Leia mais: Deyverson não ficará no Getafe, mas ele quer seguir vida boa na Europa

O técnico esteve o dia inteiro acompanhado por Vanessa, uma de suas filhas. A operação ocorreu pela manhã, e Luxemburgo voltou da sala de cirurgia para o quarto dormindo. Acordou por volta das 16h, falou com a esposa e chegou a embargar a voz. Jô, como chama sua mulher, avisou que iria para o Hospital São Luiz, para passar a noite com o marido, mas o técnico decidiu e insistiu para ficar somente com Vanessa, preocupado com o contágio de coronavírus.

- Você não pode vir. Agora é um momento muito delicado, por causa da pandemia. Fica tranquila. Amanhã, estou de alta e vou para casa - disse Luxemburgo, enquanto ouvia Jô, do outro lado, insistir em ir para o hospital. Tanto o técnico quanto a esposa têm mais de 60 anos de idade, o que faz com que ambos façam parte do grupo de risco em caso de contágio pela COVID-19.

A conversa ocorreu minutos antes de o técnico gravar o vídeo que publicou em seu Instagram, falando do quarto do hospital (veja abaixo). É possível perceber a sua voz um pouco embargada. Segundo quem o acompanhou, foi um raro momento em que ele deixou de estar tranquilo durante o dia. Luxemburgo nunca escondeu sua preocupação com o coronavírus e viu toda a preparação necessária para fazer a cirurgia no hospital, minimizando o risco de contágio.

Aos 68 anos de idade, o treinador tem recebido um acompanhamento especial do Palmeiras, até seguindo uma recomendação do Governo de São Paulo para profissionais com mais de 60 anos. Luxemburgo passou por duas baterias de exame promovidas pelo Palmeiras para detecção da covid-19 e, como foi constatado que não está com o vírus, acompanhou pessoalmente o primeiro dia de avaliações do elenco na Academia de Futebol, na terça-feira.

O técnico vivia a expectativa desse retorno. Por isso, apesar de ter mostrado tranquilidade antes e depois da cirurgia, buscou ter certeza da necessidade do procedimento. Na semana passada, Luxemburgo teve que ir para o hospital por conta de dores, e logo ouviu a recomendação de retirar a vesícula. Na quarta-feira, se consultou com o médico Alexander Morrell, que endossou que seria preciso operar e foi o responsável por realizar o procedimento.

Ao longo da quarentena, Luxemburgo participou da formulação do treino com acompanhamento à distância da comissão técnica, como ocorreu do começo de maio até a semana passada. Montou também, acompanhado dos auxiliares, a forma como seriam feitas as avaliações e, principalmente, qual será a rotina a partir de quarta-feira, quando estarão liberadas as atividades com bola.

Veja também: Qual o melhor estádio para sediar a final da Libertadores em 2021?

A expectativa é de que o treinador tenha condições de estar presente nos trabalhos na semana que vem, possivelmente na retomada dos exercícios sem restrições, na quarta-feira. Não à toa, Luxemburgo disse, no vídeo publicado em seu Instagram, que já está voltando. É a preocupação em aproveitar as semanas de preparação para o retorno das competições da temporada.

Confira o vídeo que Vanderlei Luxemburgo publicou do hospital no Instagram: