Lance Premiação do Australian Open aumenta, mas gera polêmica

Premiação do Australian Open aumenta, mas gera polêmica

Aumento de impostos no país farão com que jogadores tenham perdas reais

Lance
Lance

Lance

Lance

Foi divulgada, nesta quinta-feira, a premiação do Australian Open, que começa no próximo dia 16 de janeiro. Ela sofreu um incremento de 3,4% em relação ao ano passado.

Mas isso não foi suficiente para compensar a queda do dólar australiano, a alta do dólar americano e a política fiscal do país oceânico, que gerou que o valor que os jogadores recebem seja menor do que outros grandes eventos, incluindo também eventos de ATP ou WTA, não apenas os Grand Slams.

No total, no verão australiano foi colocado um pote de mais de 100 milhões de dólares australianos, uma grande aposta da Tennis Australia para realizar os diferentes torneios que realizam durante este mês de janeiro, incluindo o novo evento por país , a United Cup. Para Craig Tiley isso é fundamental para que todos possam ter oportunidades. “É fundamental para o sucesso contínuo do Australian Summer of Tennis que ofereçamos oportunidades de jogo fortes e relevantes e garantamos que os melhores jogadores do mundo sejam adequadamente compensados. Queremos garantir que a Austrália seja a plataforma de lançamento para a temporada global e que vejamos o maior número possível deles. Eles nos inspiram a participar deste grande esporte, assim como inspiram as gerações futuras”, comentou.


Desses 100 milhões, 76,5 irão para o Aberto da Austrália, que Tiley vê como uma oportunidade para os jogadores começarem o ano com dinheiro para investir em suas carreiras. “No Aberto da Austrália aumentamos o prêmio em dinheiro para cada rodada, desde a qualificação até a final, com os maiores aumentos nas primeiras rodadas, onde essas recompensas substanciais ajudam os jogadores a investir em suas próprias carreiras e, em muitos casos, a se estabelecer. para o sucesso ao longo do ano.”

Embora esse aumento na premiação favoreça muito a maioria dos jogadores que caem na fase de qualificação ou nas primeiras rodadas do sorteio final, os tenistas que ultrapassarem US$ 180.000 em premiação sofrerão uma grande redução de 45% de impostos. Em primeiro lugar, por exemplo, os campeões receberão 2.975.000 dólares australianos, ou seja, cerca de 2 milhões de dólares americanos, o que, juntamente com a política de impostos fiscais, fará com que o prêmio seja reduzido consideravelmente.

Os campeões dos torneios de Indian Wells, Miami, Madri e Roma vão receber mais que os finalistas do Slam australiano.

Confira a premiação total:

Campeões - AU$ 2.975.000

Vices - AU$ 1.625.000

Semis - AU$ 925.000

Quartas - AU$ 555.250

Oitavas - AU$ 338.250

3ª Rodada - AU$ 227.925

2ª Rodada - AU$ 158.850

1ª Rodada - AU$ 106.250

Quali

3ª Rodada - AU$ 55.150

2ª Rodada - AU$ 36.575

1ª Rodada - AU$ 26.000

Últimas