Lance Precisava amadurecer, diz Medina sobre afastamento da família

Precisava amadurecer, diz Medina sobre afastamento da família

Tricampeão mundial foi econômico ao comentar gesto da mãe Simone, que celebrou sua conquista nas redes sociais

Lance
  • Lance | por Lance

Tricampeonato mundial era um dos sonhos de Gabriel Medina

Tricampeonato mundial era um dos sonhos de Gabriel Medina

Lance

Há diversos motivos para o título mundial conquistado por Gabriel Medina, na última terça-feira, em Trestles (EUA), ser considerado um dos mais marcantes de sua carreira. Além de ser um tricampeonato, o feito ficará marcado como o primeiro sem sua família por perto. A família era justamente um pilar nas suas últimas conquistas.

Medina foi alvo de polêmica durante o começo deste ano e viu sua vida pessoal ganhar as páginas de sites sobre um possível desentendimento envolvendo sua esposa, Yasmin Brunet, e sua mãe, Simone Medina.

O que se sabe é que, de fato, Gabriel se afastou da família, trocou o padrasto Charles Saldanha pelo australiano Andy King como treinador e passou a viajar sozinho, apenas com Yasmin — além do novo técnico.

Segundo Medina, a mudança era necessária e partiu de uma escolha própria.

— No começo do ano, resolvi sair da minha zona de conforto e assumir minha responsabilidade de ter minha casa, pagar minhas contas, ter minha família, fazer minhas viagens… Hoje, eu sei que consigo fazer tudo sozinho. Precisava disso, é um processo de amadurecimento, é um negócio pessoal.

— Eu tive que fazer essa escolha, e eu assumi essa escolha. A vida é assim. É um processo que todo mundo passa. Não tem muito o que fazer. É viver, pensar positivo e coisas boas - acrescentou Medina.

Simone, que não postava uma foto relacionada a Gabriel em suas redes sociais há nove meses, ‘quebrou o gelo’ nesta quarta-feira ao republicar um post e deixar uma mensagem marcando o filho.

“Parabéns, Gabriel Medina. Esse sempre foi o sonho e o objetivo. Deus cumpre o que promete! Deus abençoe!”, publicou, além de outras cinco repostagens em relação ao título.

Quando perguntado sobre a importância do gesto, Medina foi singelo.

— É legal. Na verdade, minha infância toda, durante toda minha vida, eu tive eles do meu lado. Mas são coisas da vida.

Com o título conquistado, Gabriel se igualou a Mick Fanning (AUS), Tom Curren (EUA) e Andy Irons (HAV) como os terceiros maiores campeões da história do esporte. Acima deles, estão Mark Richards (4) e Kelly Slater (11).

Gabriel Medina aumenta lista de brasileiros tricampeões mundiais

Últimas