Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Possibilidades caseiras do Vasco, JP e Victor Luís surpreendem positivamente e dão opções a Álvaro Pacheco

Cruz-Maltino segue sem vencer sob o comando do técnico português Álvaro Pacheco

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

JP e Victor Luís foram duas gratas surpresas ao torcedor do Vasco pelas atuações no empate com o Cruzeiro. Com isso, Álvaro Pacheco ganha dois "reforços caseiros" até a abertura da janela de transferências no meio do ano.

➡️ Tudo sobre o Gigante agora no WhatsApp. Siga o nosso canal Lance! Vasco

JP é um meia de 19 anos formado pelo Vasco. A cria foi escolhida para jogar no lugar de Juan Sforza, que estava suspenso por receber o terceiro cartão amarelo.

No primeiro tempo, JP fez uma partida discreta. Completamente o oposto da segunda etapa, quando o meia cresceu de produção e se soltou em campo.

Publicidade

Victor Luís foi contratado para ser reserva de Lucas Piton e também fez a sua estreia como titular do Vasco. O lateral-esquerdo foi um dos jogadores que mais desarmou na partida. Ao todo cinco desarmes. E também foi o atleta com mais passes (45).

- O Victor não joga há muito tempo, o JP que não tinha sido titular. Os jogadores que entraram, a envolvência que deram. É isso que estamos construindo. Não há titular nem suplente, tem jogador disponível para morrer pelo Vasco.

Publicidade

Na próxima rodada, o Vasco volta a entrar em campo contra o Juventude. O Cruz-Maltino viaja até Caxias do Sul, onde vai enfrentar o Alviverde às 20h de quarta-feira (19), no Alfredo Jaconi.

- (O JP) foi crescendo ao longo do jogo, principalmente durante o primeiro tempo, e muitas das vezes ele estava fugindo de onde deveria estar. No segundo tempo, corrigiu isso, passou a ter mais capacidade de intervenção e ter mais bola. Começou a procurar os espaços que Galdames e Zé estavam a procurar. Jovem em quem acreditamos, acreditamos que vamos melhorar.

( - (O JP) foi crescendo ao longo do jogo, principalmente durante o primeiro tempo, e muitas das vezes ele estava fugindo de onde deveria estar. No segundo tempo, corrigiu isso, passou a ter mais capacidade de intervenção e ter mais bola. Começou a procurar os espaços que Galdames e Zé estavam a procurar. Jovem em quem acreditamos, acreditamos que vamos melhorar. )

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.