Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Pontuador da partida, Alan conta sensação de jogar pela primeira vez no Maracanãzinho

O oposto tira o peso de protagonista para ressaltar o jogo coletivo da Seleção Brasileira

Lance

Lance|Do R7


Lance
Lance

O oposto Alan Souza foi o pontuador na partida entre o Brasil e o Qatar, neste sábado (30), na vitória por 3 sets a 0. O jogador marcou 14 pontos (11 de ataque, dois de bloqueio e um ace), foi o pontuador do jogo e teve seu nome gritado pela torcida no Maracanãzinho. Além disso, o atleta comentou sobre a próxima partida contra a República Checa, neste domingo (1).

- A gente começou a partida muito bem, ali o terceiro set a gente deu um pouquinho de mole, mas o conjunto do time eu acho que prevaleceu, o pessoal que veio do banco conseguiu entrar muito bem e a gente finalizando ali com um belo ponto, chamando a torcida, jogando dentro de casa, a energia maravilhosa. Então, pode se dizer que para estreia foi ótimo, sim - comentou Alan sobre a partida contra o Qatar.

Apesar de ter sido o pontuador, Alan ressalta o jogo coletivo e diz que não há protagonismo na equipe.

- Eu acho que normalmente é mais do oposto de ser o maior pontuador. Eu acho que não tem protagonista aqui na seleção, todo mundo joga de igual para igual, todo mundo representa muito bem a camisa e ser maior contador, hoje fui eu, mas pode ser outro, isso faz parte do jogo -

Publicidade

Garanta a sua vaga no curso que Pet, Dante e outros craques da bola participaram também. Cupom: LANCE400

Alan comentou sobre a próxima partida contra a República Checa e ressaltou que nessa partida estarão mais concentrados, devido à dificuldade que enfrentaram no terceiro set do jogo contra o Qatar.

Publicidade

- Vou esperar também uma partida chata de se jogar, que a gente tem que tá muito bem concentrado, é uma equipe que tem também os seus jogadores bons ali, então se a gente der mole, a gente pode perder aí um sete ou dois, ou talvez o jogo. Então, entrar bem concentrado e esperar que a torcida também ajude a gente a conseguir fazer um bom jogo -

Alan foi ovacionado pela torcida no Maracanãzinho e contou a sensação de ter seu nome gritado pelo público, levando em conta que este foi o primeiro jogo do oposto no ginásio.

- É bem legal ter um nome gritado, ainda mais no Maracanãzinho, um estádio histórico, né? É minha primeira vez jogando no Maraca, com a camisa da seleção. Minha família tá aí, meu irmão também junto na seleção, então é só momentos especiais que eu vou guardar na memória -

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.