Lance Poker bate recorde de vendas em período de quarentena no Brasil

Poker bate recorde de vendas em período de quarentena no Brasil

Empresa de materiais esportivos atinge marca após mudança de estratégia em período crítico para o país. Maior procura por academias de natação também aumenta vendas

Lance
Lance

Lance

Lance

A marca brasileira de materiais esportivos Poker quebrou o seu recorde histórico de vendas no período de quarentena no Brasil, após delinear estratégias arrojadas em plena crise econômica global, e buscar alternativas enxergando um "novo mercado".

O aumento de vendas começou logo em agosto, com um crescimento de 36%, o que representava um recorde histórico de 34 anos da Poker. Em setembro, novo recorde: as vendas superaram agosto em 12%.

Frêdi Cauduro, diretor comercial da Poker, relembrou o momento chave para a empresa entender os desafios que estavam por vir. Para ele, o mais difícil era entender como o mercado voltaria após o período mais crítico da pandemia.

- Foi um plano traçado durante os primeiros 45 dias da pandemia. Tínhamos de avaliar como o consumidor voltaria, se ele iria mudar, ou não. Essas ações foram iniciando projetos, com base nas nossas previsões. A partir dai, surgiram os mais diversos produtos, para proteção contra as bactérias e vírus (a pioneira linha antiviral), a máscara própria para atividade física, que além da questão esportiva, visava a proteção. Então, o desenvolvimento de produtos teve um forte investimento - disse o diretor.

Um dos embaixadores da marca no Brasil é o ex-nadador olímpico Gustavo Borges, que possui uma metodologia de ensino da prática esportiva espalhada em diversas academias pelo Brasil. E esse foi outro fator que auxiliou no recorde da Poker, já que, segundo o staff do ex-atleta, houve um aumento de 22% de vendas para clientes novos em relação ao ano anterior apenas na Região Sul do país.

- Houve um retorno, sim, e ele vem crescendo desde a reabertura. Em São Paulo o crescimento ainda não é muito visível, porque foi um local que demorou mais para sair da quarentena, mas estamos vendo um aumento no número de inscritos - disse Borges.

O número é explicado, também segundo a equipe de Borges, pelo período em que as pessoas estiveram "confinadas" em suas casas durante a quarentena, priorizando a prática de esportes no momento de reabertura dos comércios e academias, com foco na saúde.

- Qualquer prática esportiva é importante nesse momento, até no combate ao vírus, com um aumento de imunidade. Os protocolos de segurança estão nos deixando muito tranquilos - analisou o ex-nadador, que completou:

- O que precisamos para incentivar a prática é mostrar que é seguro, que os protocolos são respeitados e o quanto a natação ajuda nesse aumento da imunidade.

Essa fatia do mercado também foi "aproveitada" pela Poker, que viu um incremento nas vendas tanto de artigos para realização de exercícios em casa, quanto de produtos para natação que, hoje, tornaram-se os principais ativos da marca.

- O mercado mudou muito rápido e, quando ele reabriu, estávamos com os produtos prontos e preparados. Com uma combinação financeira e estratégica, nós entendemos que o retorno do consumo seria muito veloz. A nossa visão é que nada será igual como era antes - completou Cauduro.

Últimas