Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

PM de Goiás abre inquérito sobre caso de agente que atirou em goleiro com bala de borracha

Ramon Souza, do Grêmio Anápolis, foi atingido durante confusão após o fim de jogo

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

A Corregedoria da Polícia Militar de Goiás vai investigar o caso do agente que disparou um tiro de bala de borracha contra o goleiro Ramon Souza após o jogo entre Grêmio Anápolis e Centro Oeste, na noite de quarta-feira (10), pela segunda divisão do Campeonato Goiano. Houve uma confusão no gramado do estádio Jonas Duartes, em Anápolis, e o PM da Companhia de Policiamento Especializado acabou atirando no atleta do Grêmio Anápolis.

A corporação determinou a abertura de Inquérito Policial Militar (IPM) e informou que o tiro foi feito com munição de elastômero, conhecida como "bala de borracha", armamento menos letal.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

- A Polícia Militar de Goiás reafirma seu compromisso com o cumprimento da lei e reitera que não compactua com qualquer desvio de conduta praticado por seus membros - diz a nota.

Publicidade

O Grêmio Anápolis emitiu comunicado repudiando o acontecimento. O clube classificou o caso de "lamentável, ridículo e revoltante". Segundo a nota, o goleiro foi atendido em campo pelo médico Diego Bento, que realizou os primeiros socorros dentro da UTI móvel.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.