Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Piqué descumpre promessa de aumento salarial e causa polêmica entre jogadores da Kings League, diz jornal espanhol

Ex-zagueiro do Barcelona e da seleção espanhola fez promessa aos atletas durante uma festa

Lance

Lance|Do R7

O ex-jogador Gerard Piqué prometeu, durante uma festa, aumentar o salário dos jogadores da Kings League, liga de futebol de 7 presidida por ele. No entanto, o jornal "As" afirma que os atletas continuam recebendo o mesmo valor, 75 euros brutos por jogo (cerca de R$416 na cotação atual), o que teria deixado alguns deles insatisfeitos.

Piqué não chegou a especificar quando os salários dos atletas seriam aumentados. A primeira parte da temporada de estreia da Kings League terminou no final de março, com vitória do time El Barrio. A segunda etapa do campeonato começa neste domingo.

+ Corinthians segura renovações de medalhões, Ancelotti fala em fim de ciclo no Real Madrid… O Dia do Mercado!

De acordo com o jornal espanhol, atletas estariam descontentes pois os salários não refletem o crescimento da liga. Transmitida em plataformas digitais, a Kings League bate recordes de audiência a cada rodada, além de contar com o apoio de vários patrocinadores. Piqué também negocia com a empresa "Mediaset" para levar os jogos do campeonato para a televisão.

Publicidade

Os jogadores da Kings League, grande parte amadores, passaram por testes físicos e de habilidade antes de serem selecionados pelas equipes. Durante as partidas, grandes astros do futebol também se juntam aos times, como já foi o caso de Ronaldinho Gaúcho e Sergio Agüero. Ronaldinho Gaúcho em ação pelo Porcinos FC (Foto: Reprodução/Twitter)

Os presidentes dos times participantes também são nomes conhecidos na Espanha, que vão de streamers a ex-jogadores. Além de ter disputado uma partida, Agüero comanda o Kunisports. O ex-goleiro Iker Casillas, por sua vez, preside o 1K FC.

Junto com a nova etapa da Kings League, estreará a disputa feminina do torneio, a Queens League. Piqué também já anunciou que Ronaldinho e Neymar serão presidentes de times em uma versão brasileira do campeonato, prevista para começar em 2024.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.