Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Pelo fim do tabu, Vasco aposta em estrangeiros para repetir feito e voltar a vencer o Grêmio

Última vitória do Cruz-Maltino sobre o Imortal foi em 2018, com gol do argentino Andrés Rios

Lance

Lance|Do R7


Lance
Vegetti e Sebastian Ferreira são as esperanças de gols do Vasco (Daniel Ramalho/Vasco)

Em situação desesperadora no Campeonato Brasileiro, o Vasco precisa vencer urgentemente. Lanterna da competição, o Cruz-Maltino recebe neste domingo, às 16h, o Grêmio, em São Januário. Ainda sem contar com o seu torcedor, a esperança está nos estrangeiros do setor ofensivo, que tem a missão de acabar com tabus incômodos.

O primeiro deles é o jejum de vitórias sobre o Grêmio. A última vez que o Vasco venceu foi em 2018, 1 a 0, em São Januário, desde então são cinco derrotas e dois empates. O gol foi marcado pelo argentino Andrés Rios, compatriota do recém-contratado Vegetti, que chegou com status de goleador, após ter sido o artilheiro da Liga Argentina com 13 gols.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Vegetti foi apresentado no último sábado e está pronto para estrear, já que estava em atividade pelo Belgrano, seu ex-clube. Além do argentino, o Vasco conta também com o paraguaio Sebastian Ferreira, que estreou na derrota para o Corinthians, no último sábado.

Publicidade

Ambos aumentam o poder de fogo do setor ofensivo, que está deixando a desejar, principalmente em São Januário, onde o Vasco não marca desde o dia 9 de março. O último gol foi de Pedro Raul, que nem está mais no clube, na vitória sobre o Bangu, por 2 a 0, pelo Carioca. Desde então o time enfrenta uma seca que impacta diretamente nos resultados.

O calvário começou com a eliminação na Copa do Brasil para o ABC, após empatar o jogo em 0 a 0. No Campeonato Brasileiro, o Vasco não marcou gol e sequer pontuou em São Januário, perdendo os cinco jogos que fez até então para Bahia, Santos, Goiás, Cruzeiro (todos por 1 a 0) e Athletico-PR (2 a 0).

Neste domingo, o passado, que não pertence a Vegetti e Sebastian Ferreira, ficou para trás, e ambos terão a oportunidade de acabar com essa incômoda escrita. Estrearão em São Januário e se marcarem, cairão de vez nas graças dos vascaínos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.