Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Pedrinho sobre Coutinho no Vasco: 'Ficam cravando um furo onde não tem'

Presidente concedeu entrevista coletiva na apresentação de Marcelo Sant'Ana

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

O presidente do Vasco, Pedrinho, deu mais detalhes sobre a negociação para o retorno do Philippe Coutinho. Segundo o dirigente, a transação é demorada e pessoas "ficam cravando um furo onde não tem".

➡️ Tudo sobre o Gigante agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Vasco

Pedrinho ainda revelou mais detalhes sobre as contratações de Alex Teixeira, Souza e Emerson Rodríguez. O presidente do Vasco brincou afirmando que tudo está "correndo na velocidade 20".

- Estamos falando de uma grande referência esportiva. O esforço é enorme que o Coutinho fez, e também o que eu estou fazendo para que aconteça. O que a gente mais quer é que termine logo e com um final feliz. Com relação ao Alex (Teixeira) e ao Souza, dependendo de como terminar a contratação do Coutinho ou não, eu passo obviamente para vocês sobre essas contratações. O Emerson (Rodríguez) eu só falo que está fechado quando a tinta estiver no papel, mas está (risos)... Está correndo na velocidade 20 (risos) - brincou.

Publicidade

🎙️ MAIS RESPOSTAS DE PEDRINHO:

Publicidade

VASCO NESTA JANELA DE TRANSFERÊNCIAS
- O investimento (na janela) terá que ser certeiro. Eu não vou fazer nenhuma bravata nem nenhuma mentira para o torcedor vascaíno. Encontramos o clube numa situação ruim, então vamos ter que ser certeiros. Isso vai machucar o torcedor? Pode machucar, mas não vou falar mentira de forma nenhuma, porque eu não entrei para isso.

EFETIVAÇÃO DE RAFAEL PAIVA
- As pessoas precisam ouvir uma posição (sobre treinador). A gente acompanha o dia a dia. Paralelo a isso, temos entrevistas com alguns treinadores, mas eu também acompanho o dia a dia do Paiva e a evolução que a gente tem. Tivemos uma evolução nítida de comportamento, eu não preciso usar uma palavra efetivado para, daqui a pouco, termos um desequilíbrio dentro do campeonato. Eu tenho muita tranquilidade para avaliar as melhores decisões.

Publicidade

BALANÇO DO ASSOCIATIVO
- Estamos trabalhando para que seja mostrada de uma forma muito segura e concreta tudo que foi feito. Todos os responsáveis vão estar responsabilizados de forma positiva ou negativa. Por isso, uma segurança para que a gente entregue isso da melhor maneira.

RAMÓN DÍAZ
- Com relação ao Ramon Díaz, juridicamente, a gente espera um acordo bom para ambas as partes. Eu não estava aqui quando aconteceu o episódio, mas a gente respeita muito o Ramón, o Emiliano e toda a comissão. Juridicamente, a gente espera que ninguém se machuque, esperamos um acordo amigável entre as partes.

CT MOACYR BARBOSA
- O CT tem excelentes equipamentos e profissionais, mas não é compatível com o que foi prometido (pela 777). Então, com planejamento, a gente espera poder fazer melhorias no próximo ano. Atualmente, dá conta da necessidade. Precisamos de mais para competir. Quem tinha de fazer a obra era a 777, o que não foi feito. Queremos fazer no próximo ano, seja lá ou em outro terreno.

NOVO CEO E CFO
- O CEO e o CFO serão anunciados muito em breve.

SÃO JANUÁRIO
- Vou sofrer com a retirada da quadra de futsal. Vivi ali. Tive uma reunião, e há possibilidade de sair de 47 para 57 mil pessoas de capacidade, com ampliação de setor popular. Espero que isso seja confirmado. Temos relações com investidores para compra do potencial construtivo. Temos de ver quem vai tocar a obra. Se isso acontecer até setembro, a gente espera iniciar a obra em dezembro ou janeiro. O prazo é de obra por três anos. Pode bater com o centenário do estádio (abril de 2027). Se der, vamos inaugurar antes, claro.

- Onde jogar? Queremos ter uma parceria para poder fazer alguns jogos no Maracanã. Poderemos ter parceria com a Portuguesa na Ilha, fazendo algumas reformas lá. Podemos conversar com o Botafogo para atuar no Nilton Santos. E, fora do Rio, dependemos do calendário para amenizar o problema com logística. A torcida do Vasco é gigante, então, podemos atuar em Brasília, por exemplo.

- Com relação ao Coutinho, não é uma negociação simples. Coutinho tem que perder o vínculo com o clube do Catar, se desvincular do Aston Villa para que as coisas aconteçam. É lógico que todo mundo está muito ansioso, inclusive eu, a gente espera e confia muito que seja um final feliz. Mas essa burocracia é demorada e não é culpa de ninguém. Mas é o objetivo principal da gestão.

( - Com relação ao Coutinho, não é uma negociação simples. Coutinho tem que perder o vínculo com o clube do Catar, se desvincular do Aston Villa para que as coisas aconteçam. É lógico que todo mundo está muito ansioso, inclusive eu, a gente espera e confia muito que seja um final feliz. Mas essa burocracia é demorada e não é culpa de ninguém. Mas é o objetivo principal da gestão. )

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.