Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

PC Oliveira rebate declaração de Hulk contra a arbitragem em Atlético-MG x Bahia

Atacante reclamou de um possível pênalti não marcado para o time mineiro

Lance

Lance|Do R7

Após o apito final de jogo entre Atlético-MG e Bahia, o atacante Hulk deu um forte declaração contra a arbitragem. O jogador questionou a atitude do árbitro Bruno Arleu de Araújo de não ir ao VAR analisar um lance de possível pênalti para o clube mineiro. No "Troca de Passes", Paulo César de Oliveira analisou o lance e rebateu o centroavante.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

- Infelizmente, o VAR está mandando no futebol brasileiro. Lance interpretativo quem define é o árbitro, quem manda no jogo é o árbitro. O árbitro decide se é mão ou não é, mas ele assume a responsabilidade de ver o lance. Não sei se foi pênalti, mas em lance interpretativo o árbitro tem de assumir a responsabilidade e olhar o VAR - reclamou Hulk.

O lance ocorreu nos últimos minutos de jogo, quando uma bola bateu no braço de Biel, do Bahia, dentro da área. Jogadores do Atlético-MG reclamaram muito da situação, mas o árbitro não entendeu a jogada como faltosa e mandou o jogo seguir. O duelo na Arena MRV terminou empatado em 1 a 1, com gols de Hulk e Ademir.

Publicidade

➡️Hulk faz acusação contra o VAR após empate do Atlético-MG com o Bahia

- No primeiro momento, o Biel, apesar de estar de costas, estava com o braço levantado. Se o toque fosse nesse momento, poderia ser considerado o toque anti-natural. Mas na sequência, a bola bate quando ele já está abaixando o braço. Aí é considerado como bola na mão, a interpretação do árbitro foi correta - começou PC.

Publicidade

➡️A boa do Lance! Betting: vamos dobrar seu primeiro depósito, até R$200! Basta abrir sua conta!

- A declaração do Hulk não vai de acordo com o que diz o protocolo. O Bruno Arleu já tinha decidido no campo, o VAR só recomendaria a revisão se fosse um erro claro, com potencial chance de mudança de decisão, que não foi o que ocorreu. Análise de campo correta e decisão do VAR da mesma forma - completou o ex-árbitro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.