Para quitar débito, parte da venda de Arrascaeta é bloqueada pela Justiça

Cerca de R$ 10 milhões não puderam ser repassados pelo Flamengo ao Cruzeiro por uma dívida do clube de imposto de renda jurídico com a Fazenda Nacional

Lance

Lance

Lance

O Cruzeiro vendeu o meia Arrascaeta no início do ano para o Flamengo, mas ainda tem contratempos com a transação. Mesmo depois de se acertar com o Supermercados BH sobre uma dívida por parte da negociação do jogador uruguaio, o time mineiro ainda terá de sanar outro problema: cerca de R$ 10 milhões estão bloqueados pela Justiça para quitar um débito do clube com a Fazenda Nacional.

A Raposa deve o Imposto de Renda jurídica e uma ação que corre na Justiça mineira executou a dívida, bloqueando uma das parcelas que o Flamengo fez ao time mineiro.

O próprio Flamengo quem revelou que teve de fazer o depósito de pouco mais de 10 milhões de reais em juízo por uma ordem judicial de uma ação que já estava acontecendo em Minas Gerais na 27ª Vara de Belo Horizonte e no Tribunal Federal da 1ª Região(TRF-1).

A Fazenda Nacional executou a dívida para garantir o pagamento do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. O Cruzeiro confirmou que os R$ 10 milhões estão bloqueados. O total da venda foi de R$ 63 milhões, sendo que a Raposa teve direito a R$ 55 milhões do negócio.

O Rubro-Negro também confirmou que o valor bloqueado não supriu o débito cobrado pela Fazenda Nacional e que outra parcela da venda, no mesmo valor, poderá ser bloqueada pela Justiça. A Raposa afirmou que não falará mais sobre essa situação.