Para apagar má-impressão da estreia no Nordestão, Fortaleza inicia trajetória no Cearense

Jogando no Presidente Vargas diante do Caucaia, a equipe de Rogério Ceni busca desempenho bem superior a apresentação diante do Vitória no Barradão

Lance

Lance

Lance

O jogo de estreia do Fortaleza na temporada 2020 certamente não agradou a comissão técnica, jogadores e torcedores do Leão do Pici não necessariamente pelo resultado de 0 a 0 fora de casa contra o Vitória, mas pelo desempenho em si.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Apesar da temporada ter acabado de se iniciar para o atual campeão tanto do Nordestão como do Campeonato Cearense, a equipe dirigida por Rogério Ceni, para evitar maiores contratempos relacionados as expectativas visando a temporada, já entra com a responsabilidade de partir com o pé-direito na caminhada pelo estadual frente ao Caucaia nessa terça-feira (28) às 21h (horário de Brasília).

O jogo que acontecerá no Presidente Vargas coloca, inclusive, times em estágios bem diferentes de preparação e até mesmo ritmo de jogo.

Isso porque o clube originário da Região Metropolitana da capital cearense disputou a primeira fase do estadual onde tanto Fortaleza como Ceará não estiveram e acabou ficando na quinta posição com oito pontos ganhos em sete jogos.

Do lado do Leão, a probabilidade é que exista uma intensa mudança na escalação que começou jogando em Salvador principalmente pelo aspecto físico, dando ritmo de jogo ao maior número de atletas possíveis já no início dos trabalhos. Sendo provável que apenas o zagueiro Paulão e o meio-campista Juninho estejam novamente em campo.

Por parte da Raposa Metropolitana, pelo menos a princípio não devem haver grandes modificações na estrutura da equipe que já vinha atuando sob o comando do técnico Marcinho Guerreiro.