Palmeiras pode obter vantagem no Choque-Rei pelas contas do São Paulo

Para o São Paulo, retrospecto do clássico está empatado, com 108 vitórias para cada um. Palmeiras, por sua vez, adota outro critério e põe o rival com três triunfos a mais

Lance

Lance

Lance

Adversários nesta quarta-feira, Palmeiras e São Paulo contabilizam de forma diferente o retrospecto do Choque-Rei. Caso o Verdão vença no Allianz Parque, terá mais vitórias que o Tricolor, curiosamente de acordo com as contas do rival. O clube alviverde considera ter três triunfos a menos ao longo da história.

De acordo com o São Paulo, o retrospecto do Choque-Rei é o seguinte:

- 108 vitórias do São Paulo;
- 108 vitórias do Palmeiras;
- 105 empates;

Já o Palmeiras contabiliza um número menor, com vantagem para o rival:

- 105 vitórias do Palmeiras;
- 108 vitórias do São Paulo;
- 102 empates;

Cada clube adotou um critério diferente para contabilizar o retrospecto. O Palmeiras, por exemplo, não usa para o cálculo os jogos contra o São Paulo da Floresta, entre 1930 e 1936, diferentemente da equipe do Morumbi.

Outra diferença é que o São Paulo não computa jogos com menos de 90 minutos. Não entram nos dados tricolores, portanto, partidas do torneio início, com duração de apenas 15 minutos, nem um duelo pela taça Manoel Domingo Corrêa, com duração de 40 minutos.

O Palmeiras, por sua vez, entende que essas eram competições oficiais, organizadas pela Federação Paulista, com torcida, bilheteria, súmula e equipes com uniformes oficiais. Este critério é usado para o retrospecto geral do clube, e é por isso que os números não batem com os do Corinthians também.

O Choque-Rei desta quarta-feira, às 19h30, é válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras, mandante, é o vice-líder com 57 pontos, a dez do Flamengo, primeiro colocado. Já o São Paulo está em quarto lugar, com 49 pontos e quatro de vantagem para o Internacional, quinto.

-> Veja a classificação completa do Brasileiro e use o simulador!