Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Palmeiras não consegue voltar para São Paulo e treina em Porto Alegre após derrota para o Grêmio

Verdão utilizou o CT do Tricolor gaúcho para manter a programação de atividades em dia

Lance

Lance|Do R7


Lance
Palmeiras precisou usar o CT do Grêmio para treinar nesta sexta-feira (22) (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Por conta de uma limitação no horário de funcionamento do aeroporto de Porto Alegre (RS), que está em reforma, a delegação do Palmeiras dormiu na cidade após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio, pelo Brasileirão, na quinta-feira (21), e treinou na manhã desta sexta (22) no centro de treinamento do Tricolor gaúcho.

+ Veja tabela e classificação do Brasileirão-2023 clicando aqui

Os jogadores que iniciaram a partida fizeram trabalhos regenerativos no hotel. Já o restante do grupo, incluindo o argentino Flaco López (que estava suspenso, mas viajou justamente para participar do treino), foi a campo e realizou atividades técnicas em dimensões reduzidas – a primeira só com os atletas de linha e a segunda com a presença dos goleiros. Ao todo, as movimentações duraram uma hora e meia.

De volta à equipe depois de ter se recuperado de um estiramento na coxa direita (sofrida na vitória sobre o Cruzeiro, no dia 14 de agosto), o meio-campista Luis Guilherme falou do período fora de combate.

Publicidade

- É sempre difícil ficar fora dos gramados. Tive a infelicidade de me machucar contra o Cruzeiro e foi um período que eu tive para tratar e agora voltar bem para ajudar a equipe. Ontem, não foi o resultado que queríamos, mas agora é focar na Libertadores - afirmou o camisa 31.

O Palmeiras folga no sábado (23) e retoma as atividades no domingo (24) em preparação para o confronto com o Boca Juniors-ARG, na quinta-feira (28), em Buenos Aires (ARG), pela ida da semifinal da Libertadores.

Publicidade

+ ANÁLISE: Palmeiras ‘esquece’ o caminho do gol e precisará invocar seu espírito decisivo na Liberta

Ao todo, os rivais já disputaram 25 jogos na história, com oito vitórias alviverdes e quatro vitórias xeneízes, além de 13 empates. Na Argentina, são dez duelos, também com vantagem palmeirense: três vitórias, cinco empates e duas derrotas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.