Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Palmeiras 'ignora' acusações e espera que John Textor apresente provas de corrupção

Sócio majoritário do Botafogo também reclama de favorecimento ao Verdão no Brasileirão 2023

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Verdão venceu o Glorioso de virada no Brasileirão 2023 e arrancou rumo ao título (Foto: Cesar Greco / Palmeiras) Lance

O Palmeiras decidiu "ignorar" as acusações de John Textor, sócio majoritário da SAF do Botafogo, sobre supostos casos de corrupção na arbitragem brasileira.

➡️ Tudo sobre o Verdão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Palmeiras

Sem adotar uma posição pública a respeito das polêmicas falas do estadunidense, o Verdão apoia a lisura no futebol e espera que ele apresente as provas que declarou ter, segundo apuração do Lance!. De acordo com Textor, existem áudios de árbitros reclamando de não receberem propinas combinadas.

➡️Vem faturar no sabadão! Aposte R$50 na Lance! Betting e leve mais de R$300 com Palmeiras, Santos, Internacional e Fluminense

Publicidade

- Os fãs vão ficar sabendo, nos próximos 30 dias, o que realmente aconteceu no campeonato. (...) Alguém dizer que não há corrupção no Brasil, quando eu tenho juízes gravados reclamando de não terem suas propinas pagas... Talvez a CBF não devesse me processar. Eu não acusei o Ednaldo. Nunca disse nada sobre ele. Ele não é um corrupto. Ele é um homem que comanda uma organização que provavelmente precisa administrar melhor a corrupção externa. Porque é uma batalha contra fatores externos. É uma batalha que existe e está aqui. Houve manipulações e erros em 2021, 2022, 2023, e nós temos provas - afirmou Textor, após vitória do Botafogo sobre o Bragantino.

O Palmeiras também questiona os estudos apresentados sobre suposto favorecimento da arbitragem ao Verdão no Brasileirão 2023. O proprietário do time carioca contratou a empresa Good Game!, que chegou à conclusão que o Glorioso ficaria com 21 pontos de vantagem em relação ao Alviverde na competição.

Publicidade

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) considerou que a argumentação não era forte e arquivou o caso sobre o estudo. Um auditor do tribunal, inclusive, ironizou o pedido.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Publicidade

Na virada do Palmeiras sobre o Botafogo, por 4 a 3, John Textor definiu a partida como "roubo". Ele também fez acusação de corrupção e pediu renúncia do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues. As falas culminaram em sua suspenção por 30 dias.

Amplo favorito ao título brasileiro do ano passado, o Botafogo tinha 14 pontos de vantagem sobre o Verdão e acabou perdendo o título para o adversário.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.