Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Palmeiras encaminha empréstimo de bicampeão da Copinha para clube europeu

Verdão praticamente selou a saída de atacante por um período de um ano

Lance|

Lance
Lance Lance

O Palmeiras segue fazendo ajustes em seu elenco principal e também na base. Na última terça-feira, o clube encaminhou a saída de mais um jovem promissor do sub-20. Trata-se do atacante Vitinho, bicampeão da Copinha, que será emprestado ao Valerenga, da Noruega. A informação foi publicada primeiramente pelo "Nosso Palestra" e confirmada pelo LANCE!.

> Veja classificação e simulador do Paulistão-2023 clicando aqui

Aos 19 anos, o jogador terá sua primeira experiência no futebol europeu e disputará a primeira divisão do campeonato local. O contrato será de uma temporada e não há informações se houve ou não compensação financeira pela saída. Também não se sabe se o vínculo prevê opção de compra.

Certo mesmo é que o Verdão renovou o contrato com Vitinho antes da negociação com os noruegueses. O vínculo, que iria até setembro de 2023, foi prorrogado até dezembro de 2024.

Publicidade

Ou seja, quando retornar, ele ainda terá mais um ano de acordo com o Alviverde, que possui 50% dos direitos econômicos do atleta. Ele está no clube desde 2020, quando foi contratado junto ao Novorizontino para atuar no sub-17, mas logo foi promovido ao sub-20, onde foi multicampeão. Além de conquistar as Copinhas de 2022 e 2023, Vitinho levou Copa do Brasil e Brasileirão sub-20.

> Giovani está na mira do Barcelona, segundo imprensa espanhola; Palmeiras quer manter atacante

Publicidade

O objetivo do Palmeiras com o empréstimo é dar rodagem a seus jogadores jovens para que possam se desenvolver com mais minutos entre os profissionais. O mesmo aconteceu com o zagueiro Henri, emprestado ao Dallas FC, dos EUA. Capitão do sub-20, ele não teria espaço no time principal com Abel Ferreira, mas terá oportunidade de se mostrar em uma liga do exterior.

Dentro desse objetivo, o Verdão não descarta que outros negócios desse tipo sejam feitos em breve. O clube julga que sua base tem ganhado cada vez mais notoriedade fora do país após as conquistas e as promessas reveladas. A venda de Endrick ao Real Madrid, por exemplo, é considerado um marco para o nome do Palmeiras no mundo como clube formador de joias.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.