Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Palmeiras 'da virada' volta a agir e bate o Barcelona-EQU para garantir classificação na Libertadores

Verdão saiu perdendo por 2 a 0, mas voltou avassalador no segundo tempo e venceu os equatorianos por 4 a 2

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Palmeiras saiu atrás no placar, mas buscou a virada no segundo tempo (Foto: Nelson Almeida/AFP)

O Palmeiras virou de novo! Dessa vez a vítima foi o Barcelona-EQU, que foi derrotado por 4 a 2 depois de sair em vantagem por 2 a 0. O duelo desta quarta-feira, no Allianz Parque, garantiu a classificação palmeirense para as oitavas de final da Copa Libertadores. Os gols alviverdes foram marcados por Gómez, Piquerez, Artur e Endrick, e os tentos dos equatorianos foram de Fydriszewski.

+ Veja tabela e classificação da Libertadores-2023 clicando aqui

Verdão tem início desconfortável, abre o placar, mas VAR anula

Jogo em casa, torcida a favor, superioridade técnica... Tudo isso estava a favor do Palmeiras, mas há dias em que o jogo simplesmente não encaixa e foi assim que o time de Abel Ferreira estava se sentindo diante do Barcelona. Embora com poucas chances, os equatorianos ameaçaram uns sustos e deixavam o Alviverde desconfortável em todos os setores. No entanto, a qualidade falou mais alto quando Dudu fez uma jogada individual, que sobrou para Luan da passe milimétrico para Veiga, que deu para Rony marcar um belo gol. Acontece que o VAR encontrou impedimento na jogada e anulou o que seria o primeiro gol da partida.

Publicidade

Palmeiras se mostra fora de seu normal, vacila duas vezes, e Barcelona abre dois de vantagem

Se o começo do jogo não era grandes coisas para o Verdão, a segunda metade da primeira etapa foi pior ainda. Com muita dificuldade na saída das jogadas, o vacilo veio com Zé Rafael, quando tocou nos pé de Corozo, que lançou Fydriszewski para marcar o primeiro. Logo em seguida, o Alviverde quase empatou com Veiga, que parou no travessão. Porém, não demorou muito para outra falha, dessa vez coletiva, e Fydriszewski, de novo, balançar a rede. Ainda houve tempo para Artur perder uma chance clara de diminuir a vantagem adversário. Assim, o primeiro tempo terminou 2 a 0.

Publicidade

Verdão volta avassalador e empata em 12 minutos

Depois de um primeiro tempo muito abaixo, o Palmeiras precisava se redimir e logo no primeiro minuto, em cobrança de escanteio de Raphael Veiga, Gómez cabeceou para fazer o primeiro do Alviverde. O ritmo seguia intenso e com a sensação de que o empate viria a qualquer momento, tamanho o volume de jogo palmeirense. O Barcelona chegou a assustar com Díaz, que parou na trave, mas o segundo gol estava amadurecendo. Depois de cruzamento de Dudu, Rony escorou e Piquerez pegou de primeira para empatar. O time da virada estava ali, mas o gol da virada está teimando em não acontecer. Artur, Gómez, Veiga e afins tentaram, mas ainda não era a hora.

Publicidade

Palmeiras da virada, virou e ainda abriu vantagem

Era questão de tempo o Palmeiras ficar à frente no placar. Foi em um cruzamento de Piquerez, que causou confusão na área e a bola sobrou para Artur, de cabeça fazer o terceiro do time no jogo. Era a virada acontecendo novamente na temporada e com a impressão de que poderia ser um placar mais e mais elástico pela sequência de chances criadas. No entanto, o jogo acabou ficando mais morno, até que em uma cobrança de falta, Flaco López cabeceou no travessão e a bola sobrou para Endrick fazer o quarto e fechar a vitória de virada.

E agora?

Com o resultado, o Palmeiras vai a 12 pontos e garante sua classificação no Grupo C da Libertadores. No entanto, ainda segue na segunda posição na tabela, deixando a definição do líder da chave para a última rodada, contra o Bolívar-BOL, no Allianz Parque, no dia 29 de junho, às 21h. Enquanto isso, o Verdão foca no Brasileirão, campeonato no qual enfrenta o São Paulo, neste domingo, às 16h, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 4 x 2 BARCELONA-EQU

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data e hora: 7/6/2023, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Andres Rojas (COL)

Assistentes: Alexander Guzman (COL) e David Fuentes (COL)

VAR: Jhon Perdomo (COL)

Público e Renda: 33.602 torcedores/R$ 3.362.583,50

Cartões amarelos: Gustavo Gómez (PAL) Preciado e Díaz (BAR)

Cartões vermelhos: -

Gols: Fydriszewski (32'/1ºT) (0-1), Fydriszewski (37'/1ºT) (0-2), Gustavo Gómez (1'/2ºT) (1-2), Piquerez (12'/2ºT) (2-2), Artur (24'/2ºT) (3-2), Endrick (40'/2ºT) (4-2)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Zé Rafael (Jailson, aos 42'/2ºT), Gabriel Menino (Flaco López, no intervalo) e Raphael Veiga; Artur (Bruno Tabata, aos 46'/2ºT), Dudu (Breno Lopes, aos 38'/2ºT) e Rony (Endrick, aos 38'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

BARCELONA-EQU: Víctor Mendoza; Pineida (Preciado, aos 20'/1ºT), Quiñonez (Piñatares, aos 15'/2ºT), Sosa e Portocarrero; Leonai Souza, Gaibor, Ortiz (Rodríguez, aos 38'/2ºT) e Díaz; Corozo e Fydriszewski. Técnico: Segundo Castillo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.