Osman reconhece favoritismo do Santos, mas alerta: 'Vamos trabalhar muito'

Atacante entende que a Ponte Preta tem condições de contrariar a lógica diante da equipe da Baixada Santista na próxima quinta-feira (30) em jogo único

Lance

Lance

Lance

A estreia de Osman pela Ponte Preta não poderia ter sido melhor. Apesar do pouco tempo em campo diante o Mirassol, na vitória por 1 a 0 do último domingo (26), o atacante conseguiu sentir a sensação do que é usar a camisa da Macaca pela primeira vez.

- Vestir a camisa da Ponte pela primeira vez em um jogo de muita importância e sair classificado foi uma sensação maravilhosa. Não poderia ter acontecido coisa melhor para uma estreia. Estou muito feliz. Me senti bem fisicamente, apesar de poucos minutos em campo, mas valeu a emoção de voltar a jogar, de sentir o frio na barriga novamente. Agora é trabalhar para evoluir e ajudar a Macaca - declarou Osman.

Contratado durante a paralisação do futebol brasileiro, o atacante foi um dos destaques do Red Bull Brasil no Campeonato Paulista de 2019 e pode ajudar muito o time nas quartas de final contra o Santos em jogo único na próxima quinta-feira (30) na Vila Belmiro às 21h30. Pela proximidade das equipes de Campinas, Osman garante que conhece bem a história da Ponte Preta e, por isso, confia na classificação.

- O nosso time foi muito guerreiro e trabalhamos muito para esses dois jogos. Agora com essas duas vitórias acho que dá um pouco mais de confiança para encarar o Santos e creio que vai ser um bom jogo. Espero que possamos nos classificar. Reconhecemos a força e favoritismo da equipe deles, mas vamos trabalhar muito pra dar essa alegria ao torcedor - completou.