Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Oscar Schmidt resolve interromper tratamento de câncer: 'Perdi o medo de morrer'

Lenda do basquete brasileiro lida com um tumor no cérebro desde 2011

Lance

Lance|Do R7


Lance
Oscar Schmidt quer passar o máximo de tempo possível com a família (Reprodução/Instagram)

Oscar Schmidt, o maior jogador da história do basquete brasileiro, resolveu interromper o tratamento de um câncer no cérebro. Aos 64 anos, ele convive com o tumor desde 2011 e decidiu, por conta própria, parar a quimioterapia este ano.

+ Firmino sobe na lista: saiba os brasileiros com mais gols na história da Champions League

Em entrevista ao programa "Sensacional", da RedeTV, ele revelou que perdeu o medo da morte e está focado apenas em aproveitar a família pelo tempo que tiver.

- Parei esse ano com a quimioterapia. Eu mesmo decidi. Antes, eu morria de medo de morrer. Fechar o olho e não acordar mais, para mim, era um terror. Graças ao tumor, perdi esse medo. Não quero ser o melhor palestrante ou o melhor jogador. Quero ser um marido e pai melhor - disse.

Publicidade

+ Câncer de testículo: entenda o que é e qual é o perfil mais atingido pelo tumor do jogador Jean Pyerre

O "Mão Santa" é casado com Maria Cristina Victorino desde 1981, com quem tem dois filhos: Filipe (nascido em 1986) e Stephanie (nascida em 1989).

Oscar Schimdt é considerado o maior pontuador da história do basquete, tendo marcado 49.737 pontos. Pela seleção brasileira, foi tricampeão sul-americano, ouro no Pan-Americano de 1987 e bronze no Mundial de 1978.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.