Lance Organização de Olimpíada de Tóquio só distribuirá preservativos quando atletas estiverem de partida

Organização de Olimpíada de Tóquio só distribuirá preservativos quando atletas estiverem de partida

Olimpíada de Tóquio foi a primeira desde Seoul, em 1988, a não distribuir preservativos para atletas na vila olímpica

Lance
Lance

Lance

Lance

A Olimpíada de Tóquio será a primeira desde de Seoul, em 1988, a não distribuir preservativos para os atletas na vila olímpica. A organização dos jogos afirmou, contudo, que dará a proteção para os esportistas quando eles estiverem de saindo do Japão para seus países de origem. De acordo com o jornal "El País", as camisinhas distribuídas também serão acompanhadas de mensagens apoiando o combate a AIDS.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

Cerca de 150 mil preservativos serão entregues aos atletas quando eles estiverem deixando a Olimpíada. A medida faz parte do conjunto de normas tomadas pela organização para impedir o contato e promover o distanciamento social entre os esportistas para a prevenção da disseminação de casos de Covid-19.

Além do fim da distruibuição de preservativos, os atletas hospedados na vila olímpica de Tóquio não poderão dar "festas" em seus quartos. Os esportistas só estão liberados a consumir bebidas alcoólicas sozinhos e em seus quartos, proibindo a ingestão em grupo e nas áreas comuns.

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

Mesmo antes da cerimônia de abertura, que acontece nessa sexta-feira, a Olimpíada de Tóquio já teve seu primeiro dia de competições, contando com goleada da Seleção Brasileira feminina de futebol sobre a China.

Últimas