Lance OPINIÃO: 'Tia Bia Haddad Maia começa bem suas aulas na creche do Australian Open'

OPINIÃO: 'Tia Bia Haddad Maia começa bem suas aulas na creche do Australian Open'

Brasileira derrota jovem de 18 anos, encara jogadora ainda mais nova, de 16 na segunda rodada e caso avance poderia ter...

Lance
Lance

Lance

Lance

Tia Beatriz Haddad Maia começou bem sua incursão de aulas na creche de Melbourne Park, no Australian Open.

Linda Fruhvirtova, 18 anos, 85ª do mundo. Primeiro obstáculo superado nesta segunda-feira. Na quarta-feira mais uma menina pela frente, Alina Korneeva, de 16, que veio do quali. Terceira rodada com possibilidade de ser Maria Timofeeva, de 20. 

Brincadeiras à parte, é a nova geração que vem chegando forte para o torneio e para o circuito e algo difícil de se lidar. Elas jogam com maior ímpeto, sem pressão e representam uma dificuldade a mais para uma jogadora 12 do mundo, como é a brasileira.

Nesta segunda (15), a oponente tinha uma pressão também, a de defender oitavas do ano passado. Essa derrota vai custar caro no ranking para ela, uma queda e perdendo alguns eventos importantes do calendário daqui por diante. Para Bia, igual é a responsabilidade de vencer e a estreia em um Grand Slam que não é fácil.

Apesar da derrota no segundo set com elevado número de erros não-forçados, 21, Bia soube dar a volta por cima e voltar aos trilhos da primeira etapa para vencer. Confessou ter sentido o nervosismo, mas sem jogar seu melhor venceu. E isso é uma grande notícia. Disse não ter sido tão agressiva como gostaria, mas os números mostram maior número de winners do que de erros (39 contra 37) - talvez tenha ficado com a impressão do que ocorreu no segundo set.

Vai ter que usar a experiência novamente na próxima rodada e minimizar as oscilações. Korneeva vai muito para o risco, dá muitos pontos de graça, mas ao mesmo tempo busca o winner com mais frequência. É questão de tomar iniciativa, mas também buscar o equilíbrio da paciência e consistência para colocar uma bola a mais .

O saldo foi positivo e agora é ir para o próximo desafio.

Curtinhas:

É a quarta vez de Bia Haddad na segunda rodada em Melbourne repetindo 2018, 2019 e 2022. Vai tentar pela primeira vez a terceira rodada. Em Slams no piso duro ainda não conseguiu tal feito.

Soma sua 18ª vitória em Grand Slams.

Últimas