Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

OPINIÃO: Álvaro Pacheco prova no Vasco que o que começa errado termina da mesma forma

Cruz-Maltino sofre mais um duro golpe no Brasileirão e segue sem vencer

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

Geralmente, tudo que começa errado não termina bem. É desta forma que Álvaro Pacheco provou que isto é verdade e que seu ciclo no Vasco chegou ao fim após a derrota para o Juventude.

➡️ Tudo sobre o Gigante agora no WhatsApp. Siga o nosso canal Lance! Vasco

Já na goleada para o Flamengo, Álvaro Pacheco mostrou para o que veio ao Brasil. Não se pode abrir o time com um jogador a menos contra uma das melhores equipes do país, que é o maior rival. Tragédia anunciada.

A derrota do Vasco para o Juventude foi a gota d'água de uma passagem vexatória somada a um trabalho pífio de Álvaro Pacheco. Neste período, o Cruz-Maltino se tornou a pior defesa do Brasileirão, tem um ataque inoperante e dependente de Vegetti e perdeu sete dos 10 primeiros jogos da competição pela primeira vez na história.

Publicidade

Ao longo do Campeonato Brasileiro, sobretudo com Álvaro Pacheco, o Vasco em campo mostra ser um time frágil e inofensivo. Por exemplo: a equipe não é mais competitiva desde a classificação sobre o Fortaleza. O que magoa e faz o torcedor sofrer.

Nos dias atuais, os vascaínos se apegam em qualquer tipo de crença ou figura que possa mudar os ares sombrios que rondam São Januário há mais de 20 anos. E os torcedores acreditaram que Álvaro Pacheco pudesse ser este cara da mudança.

Publicidade

Boinas foram vendidas. Boina com a Cruz de Malta foi entregue ao português. Muito "hype" e expectativa, para no final, um dos três melhores técnicos do Campeonato Português voltar ao seu país de origem de forma melancólica.

O Campeonato Brasileiro vai se encaminhando para a metade e o Vasco não tem tempo para testes. O time precisa pontuar a todo custo enquanto, ao mesmo tempo, aguarda o início da janela de transferências para corrigir a rota. De novo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.