Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Novo técnico do Vasco, Ramon Díaz é ídolo do River Plate e sofreu com o 'Gol Monumental'

Argentino era o técnico do River Plate na semifinal da Libertadores de 1998, na qual o Cruz-Maltino se classificou e depois...

Lance|

Lance
Lance Lance

Ramon Díaz chega ao Rio na manhã desta quarta-feira para iniciar a sua trajetória no Vasco. O técnico de 63 anos assinou até dezembro de 2024 e reencontrará o Cruz-Maltino em uma situação bem diferente do que na última vez.

No final da década de 1990, o Vasco viveu um grande momento de sua história. O auge foi a conquista da Libertadores de 1998, que é representada pelo gol de falta de Juninho Pernambucano, no Monumental de Nuñez, no empate em 1 a 1 com o River Plate. O resultado garantiu o Cruz-Maltino na decisão, causando a eliminação do clube argentino, que era comandado por Ramon Díaz.

+ Confira a classificação do Brasileirão

Na época, o treinador já era multicampeão. Ramon Díaz iniciou a carreira como técnico em 1996, no River Plate, e logo no ano de estreia conquistou a Libertadores e o Apertura. No ano seguinte ganhou a Supercopa da Libertadores, novamente o Apertura e o Clausura, como eram chamados o Campeonato Argentino, que tinham duas edições na mesma temporada.

Publicidade

A coleção de títulos como treinador do River Plate tem ainda o Apertura de 1999, o Clausura de 2002 e o Torneio Final, conquistado em 2014, reforçando ainda mais a idolatria pelos Millionários, que vem dos tempos de jogador.

Atacante dos bons, Ramon Díaz também fez sucesso dentro das quatro linhas, sendo considerado um dos maiores ídolos da história do River Plate, único clube que defendeu como jogador na Argentina. Pelos Millionários foram cinco títulos nacionais.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.