Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

No sufoco, Inglaterra vence Dinamarca e encaminha classificação para as oitavas da Copa do Mundo Feminina

Jogo válido pela Copa do Mundo Feminina

Lance|

Lance
Lance Lance

Na manhã desta sexta-feira, a Inglaterra bateu a Dinamarca por 1 a 0 no Allianz Stadium, em jogo válido pela segunda rodada do grupo D da Copa do Mundo Feminina. Ainda aos 6 minutos de jogo, Lauren James marcou um golaço de fora da área para garantir os três pontos e encaminhar a classificação das Três Leoas.

+ Confira todas as informações da Copa do Mundo Feminina

Com o resultado, a equipe inglesa pode conquistar a vaga ainda nesta sexta-feira, caso a China não vença o Haiti. Se as asiáticas vencerem, a Inglaterra só depende de um empate para garantir o mata-mata pela sexta vez em seis participações no Mundial. Já a Dinamarca, com três pontos, está na segunda colocação e segue com boas chances de se qualificar.

+ Torça pela nossa Seleção Feminina com camisas a partir de R$29,90

Publicidade

Veja os cinco principais lances do confronto

!DOMINANTE! A Inglaterra começou a partida dominando as ações e foi premiada com um gol sem muita demora. Aos 6 minutos, Keira Walsh recuperou bola pelo meio e achou Rachel Daly pelo corredor. A lateral-esquerda deixou bola com Lauren James no meio, e a individualidade da camisa 11 brilhou: em jogada individual, James limpou a marcação e acertou um lindo chute colocado, sem chances para Lene Christensen alcançar.

Publicidade

!POR CENTÍMETROS! A Dinamarca, aos poucos, foi gostando do jogo e chegou com perigo aos 22 minutos. Janni Thomsen foi lançada na intermediária direita, arrancou e achou um ótimo passe na área para Rikke Madsen. Em um lindo movimento, a número 17 girou sobre a marcação e bateu forte, rente à trave de Mary Earps

!TRAIÇOEIRA! Aos 73 minutos de jogo, a equipe nórdica começou a engatar uma pressão rumo ao fim do jogo. Pela esquerda, Karen Holmgaard dominou e acionou Katrine Veje, que tentou cruzamento na área. A bola, porém, tomou a direção do gol e quase encobriu Mary Earps, mas a goleira voltou bem e deu o tapa para a linha de fundo.

Publicidade

!OLHA ELA AÍ! Lucy Bronze, melhor jogadora do mundo em 2020, apareceu para quase marcar um lindo gol. Lauren James acertou lindo drible em Holmgaard e lançou para Chloe Kelly na direita. A ponta dominou, encarou a marcação e soltou quase na intermediária para Bronze, que ajeitou e soltou uma bomba, passando muito perto do gol de Lene Christensen.

!POSTE SALVADOR! Na pressão final, a trave não deixou a Dinamarca chegar ao empate. Janni Thomsen tocou para Kathrine Kuhl, que tentou cruzar, mas não pegou bem na bola. A sobra ficou com Nicoline Sorensen, que levantou no meio da defesa inglesa. Amalie Vangsgaard, heroína da vitória sobre a China na primeira rodada, tentou repetir a dose e acertou uma cabeçada sensacional antecipando a marcação de Rachel Daly, mas parou na trave esquerda de Mary Earps, que só observou o perigo.

Como foi o primeiro tempo?

Esperava-se que a partida fosse ter muitas emoções e muitos gols, mas não foi o que se viu durante o encontro. O golaço de Lauren James, aos 6 minutos de jogo, parece ter esfriado o ânimo das dinamarquesas, que fizeram pouca força para empatar nos minutos seguintes. Só aos 22, em bela jogada de Madsen, a equipe voltaria a levar perigo, mas nada além disso no decorrer da primeira etapa.

E a segunda etapa?

A metade final de jogo se configurou da mesma forma. A Inglaterra dominou as ações, manteve mais de 70% de posse de bola e finalizou mais, mas com pouco perigo. A Dinamarca, quando chegava, tinha dificuldade para acertar o último passe e não passou de seis finalizações em toda a partida. No final, um empate que parecia distante quase veio em cabeçada da boa centroavante Amalie Vangsgaard, mas a bola parou na trave e manteve a vitória das Three Lionesses.

Como ficou a situação das equipes?

Com a vitória, a Inglaterra chegou a seis pontos em dois jogos e pode garantir a classificação com uma rodada de antecedência, caso a China não vença o Haiti. Já a Dinamarca, que havia vencido na estreia, tem três pontos e segue muito viva na briga por uma vaga nas oitavas de final.

+ Argentina sai atrás, mas busca empate com a África do Sul pelo Grupo E

FICHA TÉCNICA

Inglaterra 1x0 Dinamarca

Data e horário: sexta-feira, 28 de julho de 2023, às 5h30 (de Brasília)

Local: Allianz Stadium, em Sydney (AUS)

Arbitragem: Tess Olofsson (árbitro); Lucie Ratajova e Polyxeni Irodotou (auxiliares); Jeong Oh-Hyeon (quarta árbitra); Tatiana Guzman e Carol Anne Chenard (VAR)

Público: 40.439 presentes

Cartões amarelos: -

Gols: Lauren James, aos 6 minutos do primeiro tempo (ING)

INGLATERRA (Técnica: Sarina Wiegman)

Mary Earps; Lucy Bronze, Millie Bright, Alex Greenwood e Rachel Daly; Keira Walsh (Laura Coombs), Georgia Stanway e Ella Toone (Lauren Hemp); Chloe Kelly, Alessia Russo (Beth England) e Lauren James

DINAMARCA (Técnico: Lars Søndergaard)

Lene Christensen; Rikke Sevecke, Stine Ballisager, Simone Boye e Katrine Veje; Josefine Hasbo (Amalie Vangsgaard), Karen Holmgaard (Frederikke Thogersen) e Kathrine Kuhl; Janni Thomsen, Rikke Madsen (Nicoline Sorensen) e Pernille Harder

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.