Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

No reencontro com Deyverson, Palmeiras vence o Cuiabá na estreia pelo Brasileirão

Endrick e Flaco López marcaram para o Verdão, que chegou a 25 jogos de invencibilidade no Allianz Parque

Lance|

Lance
Lance Lance

Em busca do 12º título brasileiro, sendo o segundo consecutivo, o Palmeiras estreou na competição com vitória por 2 a 1 sobre o Cuiabá, no Allianz Parque, na tarde deste sábado (15). Endrick e Flaco López marcaram para o Verdão. Raniel anotou o gol do Dourado.

O duelo marcou o reencontro da equipe alviverde com o atacante Deyverson, autor do gol que deu o título da Libertadores ao Palestra, em 2021, contra o Flamengo, em Montevidéu. O jogador foi recebido com homenagens no vestiário, antes da partida, e foi bastante ovacionado pela torcida no decorrer do jogo.

+ Inteligência artificial aponta a classificação dos 20 clubes da Série A do Brasileirão 2023

O confronto também marcou uma expulsão para cada lado. Do palmeirense, o técnico Abel Ferreira recebeu o sétimo cartão vermelho desde que chegou ao clube, no fim de 2020. O português ficou revoltado com algumas faltas que não foram marcadas, já no final do primeiro tempo e, após constantes reclamações de forma efusiva, foi mandado para o vestiário pelo árbitro mineiro Paulo César Zanovelli. Já do lado do time do Mato Grosso, o volante Filipe Augusto recebeu dois cartões amarelos em um intervalo de cinco minutos. O primeiro por reclamação, já o segundo por cometer uma falta em Gabriel Menino.

Publicidade

+ 20 anos dos pontos corridos: veja o ranking do Brasileirão de 2003 a 2022

REENCONTRO COM O MENINO MALUQUINHO

Publicidade

Foi o primeiro jogo de Deyverson no Allianz Parque após deixar o Palmeiras, no ano passado. Autor do gol do título continental do Verdão, em 2021, contra o Flamengo, o centroavante foi bastante homenageado pela torcida palmeirense antes da bola rolar. O nome dele foi bastante celebrado quando a escalação do Cuiabá foi anunciada.

A Mancha Verde, principal torcida uniformizada do Verdão, homenageou o atacante ao gritar ‘Deyvinho’ após celebrar todos os titulares da equipe alviverde, como é comum em todos os jogos.

Publicidade

HOMENAGEM AO REI

Antes da bola rolar, os jogadores de Palmeiras e Cuiabá se reuniram no centro do gramado do Allianz Parque e respeitaram um minuto de silêncio, seguido de um período de salva de palmas em todo o estádio, em memória do Rei Pelé, que faleceu no fim do ano passado. Flávia, uma das filhas do Atleta do Século, e Arthur, que é um dos netos, estiveram presentes na arena palmeirense.

Publicidade

PALMEIRAS ACENDE A LUZ NO PRIMEIRO TEMPO

O Palmeiras começou o Brasileirão de 2023 da mesma forma com que terminou o de 2022: com tudo. Em cima, o Verdão abriu o placar logo aos quatro minutos de partida, com o garoto Endrick. A trama iniciou do lado direito, com Flaco López, que na partida atuou na função naturalmente exercida por Raphael Veiga, no meio-campo. Dudu recebeu pela esquerda e deu ótima assistência para a revelação palmeirense, bem posicionada na pequena área, somente escorar para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do campeonato.

ABEL EXPULSO

Com o tempo, o Palmeiras foi diminuindo o ritmo e também passou a ter problemas com a arbitragem, comandada pelo mineiro Paulo César Zanovelli, principalmente por conta de faltas não marcadas. De tanto reclamar, o técnico Abel Ferreira pela sétima vez desde que assumiu o Verdão, em dezembro de 2020.

CUIABÁ APAGA A LUZ DO PRIMEIRO TEMPO

Conforme o tempo ia passando, o nervosismo do Palmeiras era mais evidente, principalmente após a perda do treinador. O Cuiabá, que não tinha nada a ver com isso, aproveitou o momento de instabilidade palmeirense e aproveitou algumas falhas para empatar o jogo. No último minuto da etapa inicial, Deyverson achou Jhonathan Cafú pela direita, e o atacante do Dourado cruzou na cabeça de Raniele. O volante apareceu como elemento surpresa, com total liberdade, nas costas de Marcos Rocha.

O lateral do Verdão, por sua vez, tinha falhado minutos antes, quando perdeu uma bola na saída, que sobrou para Deyverson servir Cafú, que cavou por cima de Weverton, mas Gustavo Gómez salvou e evitou que entrasse. O gol não seria validado, por conta da posição irregular do atacante do Cuiabá, mas seria a primeira falha crucial de Rocha.

CUIABÁ COM UM A MENOS

Se o Palmeiras havia perdido um elemento no banco de reservas, o Cuiabá perdeu um em campo logo no início do segundo tempo. Em cinco minutos, o volante Filipe Augusto recebeu dois amarelos e foi para o chuveiro mais cedo. A primeira situação foi aos seis minutos, por reclamação. Já a segunda, aos 11, quando o jogador cometeu uma falta em Gabriel Menino e foi advertido com um novo cartão amarelo.

FLACO ARTILHEIRO LÓPEZ

Aos 15 minutos do segundo tempo, a comissão técnica do Palmeiras optou pela saída de Endrick, autor do primeiro gol, para a entrada de Rafael Navarro. Dois minutos depois, o centroavante recebeu um passe na pequena área, mas parou na defesa do goleiro Walter.

Porém, quem salvou a pele do centroavante palmeirense foi Flaco López, que também atuou na posição, mas, como já descrito, atuou como meio-campista contra o Cuiabá. No lance seguinte ao gol perdido por Navarro, o argentino aproveitou uma bola rebatida pela defesa do Dourado, após cruzamento de Vanderlan, e encheu o pé para dar a vitória para o Verdão.

PALMEIRAS SOFRE NO FIM

É bem verdade que Dudu acertou um porrada na trave já no fim da partida, mas os minutos finais do jogo foi de apreensão para os palmeirenses, principalmente quando viram o lateral Matheus Alexandre subir mais alto que toda a defesa palmeirense após cobrança de escanteio já nos acréscimos e parar em ótima defesa do goleiro Weverton, que teve o seu nome cantado pela torcida palmeirense após o lance.

No último lance da partida, Breno Lopes até chegou a marcar o terceiro do Palmeiras, mas o lance foi anulado, tanto pelo auxiliar, no campo, quanto pela arbitragem de vídeo.

+ Brasileirão 2023 começou! Veja quais são os elencos mais valiosos da competição

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 X 1 CUIABÁ

CAMPEONATO BRASILEIRO - 1ª RODADA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)

Data e hora: 15 de abril 2023, às 16h (de Brasília)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (FIFA/MG)

Assistentes: Bruno Boschilia (FIFA/PR) e Marcyano da Silva Vicente (MG)

Árbitro de vídeo: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (FIFA/MG)

Público e renda: 35.835 pessoas / R$ 2.289.979,83

Cartões amarelos: Flaco López (Palmeiras); Matusinho, Filiipe Augusto, Jhonatha Cafú e Deyverson (Cuiabá)

Cartões vermelhos: Abel Ferreira (Palmeiras); Filipe Augusto (Cuiabá)

GOLS: 1-0 Endrick (4'/1T); 1-1 Raniele (51'/1T); 2-1 Flaco López (18'/2T)

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Vanderlan; Zé Rafael e Gabriel Menino (Richard Ríos, 30'/2T); Artur (Breno Lopes, 30'/2T), Flaco López e Dudu; Endrick (Rafael Navarro, 15'/2T). Técnico: Abel Ferreira.

CUIABÁ

Walter; Mateusinho, Allyson, Marllon e PK (Matheus Alexandre, 28'/2T); Filipe Augusto, Raniele e Pablo Ceppelini (Rafael Gava, 27'/2T); Jhonathan Cafú (Nicolás Quagliata, intervalo), Deyverson (Fernando Sobral, 27'/2T) e Emerson Ramon (Pitta, 22'/2T). Técnico: Ivo Vieira.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.