Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Neymar xingou presidente da CBF após Brasil x Venezuela, afirma narrador

Atacante teria se revoltado após ser atingido por pipocas dos torcedores

Lance

Lance|Do R7


Lance
Lance

O narrador José Carlos Araújo, o "Garotinho", movimentou as redes sociais ao revelar os bastidores do empate entre a Seleção Brasileira e a Venezuela, na última quinta (12). De acordo com o locutor, após ser atingido por pipocas de torcedores, Neymar caminhou para o vestiário e disparou contra o presidente da CBF, Ednaldo Pereira.

- Depois de terminar o jogo, quando o Neymar foi saindo do gramado e levou aquele saco de pipoca, naquele corredor que dá acesso ao vestiário, ele cruzou com o presidente da CBF e foi xingando, mandando tomar naquele lugar, filho disso, filho daquilo… e que não deveria trazer a gente (seleção) para esse lugar para se sujeitar a essas coisas e ser agredido pelo público - começou.

- O Neymar xingou de tudo quanto foi palavrão o presidente da CBF. Seguraram ele na hora, aí o Neymar ameaçou: ‘Não vou a Montevidéu’ e contornaram também. O Neymar não jogou nada, quis tomar o apito para apitar o jogo, e agora quer escolher os lugares que a seleção quer jogar - completou o narrador.

+ A sua carreira no futebol pode começar hoje. Garanta a sua vaga no curso Gestor de Futebol e capacite-se!

Nas imagens fora do túnel que dá acesso aos vestiários, Neymar já havia se revoltado com os torcedores que o arremessaram as pipocas. Em campo, a Seleção Brasileira ficou apenas no 1 a 1 com a Venezuela, em Cuiabá, e perdeu a liderança nas Eliminatórias da Copa. Na terça-feira (17), o Brasil enfrenta o Uruguai, ás 21h.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.