Neto volta a atacar Sampaoli: 'ele acha que é o Robert de Niro'

O comentarista destilou mais críticas em direção ao treinador do Galo, desafeto declarado do ex-jogador do Corinthians

Lance

Lance

Lance

Desde que chegou no futebol brasileiro, o técnico Jorge Sampaoli tem como maior rival fora dos campos o ex-jogador e comentarista Neto, da TV Bandeirantes. Neto sempre que tem uma oportunidade de tecer algum comentário sobre o treinador do Galo, as frases são de pouca doçura, recheadas de críticas.

Em fala no seu programa no Bandsports, o “Baita Amigos”, Neto mais uma vez destinou sua fala ao técnico alvinegro de forma crítica e sem exaltar nenhuma qualidade do argentino, que fechou contrato com o time mineiro recentemente.

Neto mais uma vez foi duro com a direção do Galo por ter fechado um negócio alto, além dos padrões financeiros do futebol brasileiro, mesmo tendo um parceiro, a MRV, pagando parte dos vencimentos do treinador.

-O Sampaoli acha que é o Robert De Niro. Ele acha que é o Lima Duarte, acha que é Telê Santana, Bielsa, Maradona. Acha que inventou a bola. Esse cara é uma máscara, uma perna de anão desgraçada. Ficou milionário aqui no Brasil, leva a turma dele com ele. Fez um trabalho horrível na Seleção Argentina. Fez uma campanha para ir ao Flamengo, quis acertar com o Palmeiras e no fim ninguém contratou ele. Aí vem o Atlético e faz uma proposta de R$ 1 milhão e 200 mil por mês e uma multa de R$ 60 milhões caso seja mandado embora. É um absurdo, uma loucura- disse Neto.


Ainda no "Baita Amigos", Neto focou seus comentários mais no jeito de ser do treinador, do que nos aspectos táticos e do jogo em si, dando a impressão de uma rixa além do campo de futebol.

-É uma máscara danada, mas ele andou de bicicletinha, a imprensa que acha que entende de futebol rasgava elogios. Ele nunca disse bom dia, obrigado, por favor, nunca falou nada em português. Nunca deu uma entrevista em relação ao povo brasileiro. Veio aqui apenas para tomar dinheiro e vocês ficam pagando pau para esse cara. Eu não faço isso- concluiu.