Lance Náutico vence o Goiás e continua firma na liderança da Série B

Náutico vence o Goiás e continua firma na liderança da Série B

Gol da vitória do Timbu veio em cobrança de falta na reta final da etapa complementar

Lance
Lance

Lance

Lance

No estádio da Serrinha, em Goiânia, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, Náutico venceu o Goiás pelo placar de 1 a 0. O gol da vitória do Timbu veio após rebote de cobrança de falta de Jean Carlos, aos 30 minutos da etapa complementar. Com o resultado, o Alvirrubro permanece na liderança da Série B com 24 pontos. Já o Esmeraldino fica na 6ª colocação, com 16 pontos.

A partida

Primeiro Tempo

20 MINUTOS DE MUITA MARCAÇÃO DOS DOIS LADOS
Os primeiros 20 minutos de Goiás e Náutico foram de muita marcação e sem oportunidades de gol de nenhuma das equipes. O Esmeraldino não dava chance para o Timbu na saída de bola, enquanto os Alvirrubros não permitiam que os donos da casa fizessem a bola longa.

UMA CHANCE CRIADA PARA CADA LADO EM JOGO MUITO TRUNCADO
A parte final da etapa inicial não foi muito diferente do começo do jogo, já que Goiás e Náutico continuaram protagonizando uma partida bastante truncada. Cada equipe teve uma boa oportunidade criada.

O Esmeraldino foi quem assustou primeiro. Aos 22 minutos, após lançamento, a defesa do Timbu cortou mal, a bola sobrou para Bruno Mezenga que soltou o pé de fora da área, mas o chute acabou explodindo na trave.

O Náutico só teve a sua oportunidade de perigo aos 35, e foi em cobrança de falta da intermediária. Jean Carlos bateu com veneno, a bola quicou no gramado antes do goleiro Tadeu fazer grande defesa e salvar o Goiás.

Segundo Tempo

GOIÁS VOLTA MELHOR DO INTERVALO E CRIANDO ÓTIMAS OPORTUNIDADES
A parada para o intervalo fez muito bem para o time do Goiás. Os Esmeraldinos voltaram muito mais inspirados para etapa complementar. Dadá Belmonte, Caio e Alef Manga tiveram grandes oportunidades para marcar, mas suas finalizações acabaram não entrando.

A mais clara das três foi a de Alef Manga. Após lançamento, o atacante passou pelo goleiro do Náutico e chutou, mas Camutanga estava ligado no lance, correu para dentro do gol e salvou em cima da linha fatal o que seria o gol do time do Goiás.

NÁUTICO ABRE O PLACAR
O técnico Hélio dos Anjos, do Náutico, resolveu mexer no time em busca da melhora do seu time, mas foi o jogador que entrou no Goiás quem quase marcou. Aos 26, Nicolas cabeceou, mas Jefferson defendeu. A resposta do Timbu veio em forma de gol.

Em cobrança de falta, Jean Carlos bateu, a bola acertou a barreia e voltou para ele, que desta vez conseguiu aproveitar o rebote e bater seco no canto de Tadeu e inaugurar o placar, aos 30 minutos: 1 a 0 para o Náutico.

GOIÁS PARTE PARA CIMA NA RETA FINAL, MAS O TIMBU GARANTIU A VITÓRIA

Na reta final da partida, o Goiás foi para cima em busca do empate. Além de se segurar muito bem na defesa e não dar oportunidades ao Esmeraldino para empatar a partida, o Timbu ficou muito próximo de ampliar com Breno, que acertou a trave de Tadeu. Placar final da partida: Goiás 0, Náutico.

Últimas