Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Náutico frustra torcida, empata com o São Bernardo e está eliminado da Série C do Brasileirão

Timbu não consegue se impor em seu estádio e só voltará a campo em 2024

Lance

Lance|Do R7


Lance
Náutico não teve forças para vencer o São Bernardo e foi eliminado (Foto: Tiago Caldas / CNC)

O Náutico decepcionou os 18 mil torcedores que compareceram ao estádio dos Aflitos e apenas empatou por 2 a 2 com o São Bernardo, neste sábado (26), pela Série C do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Timbu deu adeus à competição e ao sonho do acesso. O Bernô, por sua vez, avançou para a próxima fase. João Carlos e Hugo Sanches estufaram a rede para o time do ABC, enquanto Maxwell e Matheus Carvalho descontaram para os pernambucanos. 

+ Confira a tabela da do Campeonato Brasileiro

Na próxima fase da competição, os oito classificados serão distribuídos em dois grupos. Com isso, a chave B será composta pelo 1º, 4º, 5º e 8º colocados, enquanto a C terá os times restantes, que também avançaram na primeira fase. Operário-PR, Volta Redonda, Amazonas, Brusque, São José, Botafogo-PB, Paysandu e São Bernardo estão classificados.

Na classificação, o São Bernardo garantiu a última vaga e ficou na oitava posição, com 29 pontos. Com a igualdade no placar, o Timbu chegou aos 27 e encerrou sua participação com a décima colocação.

Publicidade

+ Clubes tradicionais do Brasil que já ficaram sem divisão nacional

O primeiro gol do confronto direto saiu dos pés de João Carlos, que aproveitou a falha de Victor Ferraz e estufou a rede. Na etapa final, o time paulista teve mais volume de jogo e chegou ao segundo gol com Hugo Sanches.

Publicidade

Contudo, o Náutico precisava vencer e após passe de Richardson, Maxwell descontou e deu esperanças à torcida. O tempo foi implacável, e o Timbu só conseguiu empatar no fim, com Matheus Carvalho. No entanto, a eliminação foi inevitável em pleno Estádio dos Aflitos, e o time pernambucano só volta a atuar em 2024.

DESLIZES DECISIVOS

A eliminação deste sábado faz o torcedor do Náutico relembrar um histórico de deslizes, sobretudo o dia 26 de novembro de 2005. Na ocasião, o Timbu tinha tudo para voltar à elite do futebol brasileiro, mas viu o Grêmio fazer um jogo histórico, que sempre é lembrado pelo torcedor. Na famosa 'Batalha dos Aflitos', o Tricolor tinha um cenário adverso quando o árbitro assinalou pênalti e uma confusão generalizada se formou.

Dessa forma, Djalma Beltrani expulsou quatro jogadores da equipe gaúcha: Patrício, Domingos, Escalona e Nunes. Na cobrança de pênalti de Ademar, Rodrigo Galatto se destacou e fez a defesa. O que o Náutico não contava é que em um contra-ataque mortal, Anderson fizesse um gol que entraria para a história do futebol brasileiro e recolocaria o Grêmio na primeira divisão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.