Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Na 'volta para casa', Deyerson é homenageado pela torcida e diretoria do Palmeiras

Defendendo o Cuiabá, o autor de um dos gols mais importantes do Verdão na história jogou pela primeira vez no Allianz Parque desde...

Lance|

O reencontro de Deyverson com a torcida do Palmeiras, no Allianz Parque, foi uma história parte na vitória do Verdão por 2 a 1 sobre o Cuiabá, na tarde deste sábado (15), pela primeira rodada do Brasileirão.

Antes da bola rolar, o ex-atacante palmeirense, passou pelo vestiário do clube alviverde, foi recepcionado pela presidente Leila Pereira e recebeu uma camisa do Palestra com os dizeres ‘Deyvinho, para sempre na história do Palmeiras’.

+ Flaco López brilha novamente em vitória do Palmeiras na estreia no Brasileirão

Quando o elenco do Cuiabá entrou em campo para aquecer, o jornalista Roberto Cabrini, convidado para ser mestre de cerimônias do pré-jogo, falou sobre a importância do atacante na história palmeirense, gerando, internamente, muitos aplausos por parte da torcida alviverde no Allianz.

Publicidade

Deyverson, que hoje defende o Dourado, atuou pelo Verdão entre 2017 e 2022, com uma pausa entre janeiro de 2020 e maio de 2021, quando esteve emprestado ao Getafe e depois ao Alavés, ambos da Espanha. No retorno ao time palestrino, marcou o gol do título da Libertadores de 2021, contra o Flamengo, em Montevidéu, um dos mais importantes da história do clube alviverde.

Em campo, Deyvinho teve diversas vezes o seu nome gritado e celebrado com aplausos. A Mancha Verde, principal torcida organizada do Palmeiras, fez questão de chamar pelo jogador logo após de escalar o time.

Publicidade
Deyverson e Leila - Palmeiras
Deyverson e Leila - Palmeiras Deyverson e Leila - Palmeiras

Deyverson se encontrou com a presidente do Verdão, Leila Pereira, antes do jogo (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Deyverson foi até o banco de reservas do Verdão pouco antes da bola rolar e abraçou o técnico Abel Ferreira e alguns ex-companheiros de time. Porém, quando a bola rolou, o ‘menino maluquinho’ não deixou de competir. Ao sair o primeiro gol do jogo, marcado por Endrick, a favor do Palmeiras, o camisa 16 do Cuiabá foi até o quarto árbitro, o que resultou em um cartão amarelo recebido.

Publicidade

O ex-atacante palmeirense também participou do lance do gol do Dourado, marcado no último minuto do primeiro tempo, pelo volante Raniele. É Deyverson quem aciona Jhonathan Cafú pelo lado direito, antes do atacante cruzar na medida para o companheiro colocar na rede. Naquele momento, o gol deixava a partida empatada.

Deyverson foi substituído aos 27 minutos do segundo tempo, quando o Palmeiras já vencia por 2 a 1. Ao sair, foi novamente aplaudido e teve o nome gritado pela torcida palmeirense. Após o apito final, ele foi até o setor onde ficam as organizadas e cumprimentou os torcedores do Verdão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.