Lance Na volta da Seleção Brasileira, estádio Beira Rio vira palco de ações sociais e caminha para ser principal cartão portal de Porto Alegre

Na volta da Seleção Brasileira, estádio Beira Rio vira palco de ações sociais e caminha para ser principal cartão portal de Porto Alegre

Durante a pandemia, clube promoveu projetos de inclusão e campanhas voltadas para comunidades carentes da região

Lance
Lance

Lance

Lance

Cinquentenário, o estádio Beira Rio volta a receber a seleção brasileira na noite desta sexta-feira (4), em duelo contra o Equador, pelas Eliminatórias da Copa - a última passagem aconteceu às vésperas da Copa América de 2019.

Com portões fechados e ausência de público após 15 meses desde que a pandemia chegou ao país, a casa do Internacional abriu suas portas e tornou-se um celeiro de ações sociais voltadas para para as comunidades carentes da região, e em projetos internos que visam promover a diversidade dentro do ambiente Colorado.

Durante este período, foram cerca de 100 ações sociais de distribuição de alimentos, roupas, itens de higiene e de saúde, coordenadas em conjunto com os Consulados do Inter espalhados pelo mundo. No total, foram mais de 10 toneladas de materiais arrecadados, ajudando cinco instituições que distribuem alimentos pelo estado. O destaque fica por conta da doação por parte do clube de 500 cilindros de oxigênio ao hospital do Alegrete.

Em paralelo a isso, o Internacional tomou medidas que proporcionassem a inclusão e a diversidade dentro do clube, envolvendo membros diretivos, consulados, torcedores e associados com a implantação de um Comitê próprio para isso. A finalidade é aprofundar a temática de ideias e opiniões internas, fortalecendo o espírito inclusivo daquele que é considerado o 'Clube do Povo'.

Outros dois detalhes chamam atenção no Beira Rio, palco do jogo de logo mais entre Brasil x Equador: o gramado, considerado por atletas e comissões técnicas como um dos melhores da América do Sul, e a iluminação cênica voltada para ações sociais e governamentais, engajando ainda mais a versatilidade - nesta noite, por exemplo o estádio estará todo iluminado de verde e amarelo.

Isso porque o Rio Guaíba tem passado por uma profunda revitalização, com a extensão da modernização da orla com pista de corrida e bicicleta, restaurantes, áreas de lazer, entre outros pontos de entretenimento, e fazendo com que o entorno do estádio se torne um verdadeiro ponto de turismo não apenas para quem mora na cidade, mas principalmente para quem vem de fora. Com acesso para todos os lados da cidade e localizado na região central, nunca na história foi feito algo parecido em urbanização voltada para o local.

'O Internacional sempre se caracterizou por abrir suas portas para esses tipos de ações sociais, e a pandemia nos trouxe um outro de olhar de estender a mão ao próximo. Fomos um dos primeiros clubes a apoiar essas iniciativas e queremos mantê-las mesmo quando as coisas se normalizarem. Além disso, temos demonstrado preocupação e interesse em crescer cada vez mais como instituição ao trazer com bastante intensidade projetos voltados para a inclusão e diversidade, sempre de forma democrática envolvendo nossos consulados e torcedores em geral', afirma o presidente Alessandro Barcellos.

Últimas