Na expectativa por mais chances, Winck elogia Abel e projeta 2020 no Vasco

Lateral chegou ao Cruz-Maltino após bom ano no Sport, mas acabou afastado por Vanderlei Luxemburgo; jogador já trabalhou com o novo treinador no Internacional

Lance

Lance

Lance

Contratado no início de 2019, o lateral-direito Cláudio Winck ainda não sabe como será o futuro no Vasco. Afastado por Vanderlei Luxemburgo, o jogador espera ter mais oportunidades com o técnico Abel Braga, apresentado nesta semana. Os dois já trabalharam juntos quando o jogador esteve no Internacional.

- Realmente é um treinador que apostou bastante em mim. Foi uma temporada muito boa no Internacional, que eu fiz bastante jogos, 7 gols, e conseguimos ir para a Libertadores naquele ano. Então, eu desejo sorte ao Abel esse ano, que a gente consiga fazer um grande trabalho no Vasco - disse, em entrevista ao canal "Atenção, Vascaínos".

Com a saída de Raul Cáceres, Winck pode ganhar mais chances como reserva imediato de Yago Pikachu. Ele chegou a ser sondado no meio do ano, mas permaneceu treinando separado no Vasco. Foram apenas seis jogos disputados neste ano.

- Eu tenho contrato com o Vasco até o fim do ano que vem. Espero receber mais oportunidades, acredito que tenho me preparado bastante para isso e acredito que vai vir tudo no tempo certo, então estou tranquilo, vou fazer meu trabalho como sempre fiz, e eu estou com a minha cabeça 100% no Vasco. O foco está total e espero fazer uma grande temporada.