Lance Murray furioso com Tsitsipas: 'Perdi o respeito por ele'

Murray furioso com Tsitsipas: 'Perdi o respeito por ele'

Escocês reclamou das paralisações e ida longa ao banheiro

Lance
Lance

Lance

Lance

Andy Murray, ex-número 1 do mundo, mostrou toda sua fúria com Stefanos Tsitsipas em coletiva de imprensa após sua derrota na batalha de cinco sets e 4h48min pela primeira rodada do US Open nesta segunda-feira.

"Coloco ele acima, é um brilhante jogador, faz bem para o esporte, mas tenho zero tempo para tudo isso e perdi meu respeito por ele",disse o escocês que pontuou a ida ao banheiro de quase dez minutos no intervalo para o quinto set e outras paradas na partida dada pelo grego.

"Não é tanto por sair de quadra e sim pelo tempo. Conversei com meu staff e estava preparado para isso se o jogo não fosse aseu favor. Não se pode parar de uma forma que váafetar fisicamente. Em uma partida brutal como essa, parar por sete, oito minutos, você esfria .Você pode se preparar mentalmente o máximo possível, mas a fato é que afeta fisicamente parando várias vezes durante o jogo. Toda hora era assim - até antes que eu sacasse. Ele pediu atendimento médico quando venci o terceiro set. No quarto set em um 0/30 ele parou - não lembro para o que, acho que trocar a raquete. Não pode ser uma coincidência essas coisas acontecendo nesses momentos. Não acho que algo estivesse causando algum problema a ele como um todo.Ele estava se mexendo bem. Foi desapontador porque influenciou na partida. Não digo que necessariamente eu teria vencido , mas influenciaram essas paralisações".

Murray foi questionado ainda em um contexto geral sobre idas ao banheiro: "Falamos sobre isso o tempo inteiro e nada é feito. E as mesmas coisas seguem acontecendo".

"Vou conversar com meu staff técnico, quero ouvir de fãs, jogadores e todos falando sobre. Talvez eu esteja reagindo demais porque perdi o jogo. Mas aqui sentado acho que não faz sentido precisarem mudar porque não é bom para o esporte, para a TV e paraos torcedores . Não acho que seja bom aos jogadores também. Estou aqui e ao invés de falar sobre o jogo do quão fantástico ele é, quão bom foi para mim ter uma performance dessa depois de quatro anos , estou falando sobre paralisações e idas ao banheiro. Isso é lixo".

"Falei com o Nicola (chefe de imprensa da ATP) que não queria dar entrevista hoje pois ia parecer que só estou batendo nele. Isso me chateia. Mas eu diria a mesma coisase tivesse ganho. (Ele) Foi sem noção e ele sabe disso".

Últimas