Lance Multicampeão na base, Linnick vive expectativa por renovação

Multicampeão na base, Linnick vive expectativa por renovação

Meia promovido ao time profissional em janeiro está com vínculo vencendo em julho. Pandemia e mudanças no futebol vascaíno podem influenciar no desfecho do caso

Lance
Lance

Lance

Lance

Se a paralisação do futebol por conta da pandemia de COVID-19 deixa os amantes da bola apreensivos, para um jogador do Vasco a agonia é ainda maior: o meio-campista Linnick, de 20 anos, tem contrato a vencer no mês de julho. Não houve acordo, no ano passado, para a extensão do vínculo, e o período de contatos à distância pode dificultar ainda mais.

- Sempre penso positivo. Estou no Vasco desde os 6 anos de idade, o Vasco é a minha casa, então minha expectativa é sempre ficar e renovar. Sou feliz aqui, sempre fui, e vou sempre buscar o meu espaço para defender essa camisa - afirma o jogador.

Linnick é um dos jogadores revelados em São Januário e que estouraram idade da categoria de juniores para esta temporada. Não renovou, não foi emprestado, mas também não participou de partidas sob as ordens de Abel Braga. O cenário, porém, agora é outro.

Por um lado, o distanciamento social pode deixar a renovação para mais em cima da hora do que já está. Noutra perspectiva, a comissão técnica mudou e o departamento de futebol tem novos integrantes. O jogador aguarda a crise sanitária passar e um futuro melhor a todos.

- É uma coisa que atrapalhou a todos, não só a mim. Estava me adaptando ao jogo do time de cima, que é diferente, mas acredito que atrapalhou a todos - explicou.

O meio-campista fazia parte da equipe de Lucas Santos e Tiago Reis que foi vice-campeã da Copa São Paulo de Juniores em 2018. Fez carreira de sucesso na base vascaína e, se continuar no clube no segundo semestre, almeja dar continuidade a tal êxito.

- Comecei no futsal aos 6 anos, onde joguei até os 13. E conquistei o Carioca em todas as categorias. Quando fiz 10 anos, alternava entre futsal e campo, ficava no clube o dia todo. Estudava de manhã e treinava à tarde e à noite. E assim fui seguindo minha trajetória no clube, sempre buscando estar em alto nível para defender o Vasco - completou.

Últimas