Lance Morre vítima de coronavírus Renê Weber, ex- Fluminense e auxiliar

Morre vítima de coronavírus Renê Weber, ex- Fluminense e auxiliar

Aos 59 anos, Renê estava internado no Rio de Janeiro desde o começo do mês. Última passagem do esportista havia sido no Botafogo, onde atuou com Paulo Autouri em outubro

Lance
Lance

Lance

Lance

O ex-jogador e auxiliar técnico Renê Weber morreu, nesta quarta-feira, após complicações de Covid-19, aos 59 anos. Renê estava internado no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio de Janeiro, onde frequentou a UTI desde o começo deste mês. O último trabalho do auxiliar técnico foi em outubro, no Botafogo, onde esteve com Paulo Autuori desde 2019.

+ Confira e simule os próximos jogos do Glorioso na tabela do Brasileirão

+ Melhorou ou piorou? Lembre a escalação do seu time no começo da década

Renê Weber foi auxiliar do Glorioso na temporada história de 1995, onde o Botafogo foi campeão do Brasileirão. Além do time carioca, ele ainda treinou a Seleção Brasileira Sub-20 e integrou a comissão de São Paulo, Grêmio e Vasco. Como treinador, comandou clubes dos Emirados Árabes.

Como jogador, Renê brilhou no Fluminense, onde se consagrou campeão carioca por três vezes seguidas (1983, 1984 e 1985). O ex-meio-campista ainda foi campeão brasileiro com o Tricolor em 1984. Weber vestiu também as cores do Internacional e América.

Nas redes sociais, alguns clubes se solidarizaram com familiares e amigos do auxiliar. Vasco, São Paulo e Botafogo compartilharam mensagens de carinho sobre o ex-esportista.

- O Botafogo lamenta profundamente a morte de Renê Weber, ex-auxiliar do clube nesta temporada e campeão brasileiro em 95. Profissional de alto nível, Renê era querido por todos, zelava pela excelência no trabalho e manutenção do bom ambiente. Ele foi mais uma vítima da Covid-19.

Últimas