Lance Moreno, Pereyra, Wendel… Como estão os jogadores que o Palmeiras tentou no mercado

Moreno, Pereyra, Wendel… Como estão os jogadores que o Palmeiras tentou no mercado

Saiba como os jogadores que o Verdão tentou contratar na janela de transferências estão na temporada

Lance
Lance

Lance

Lance

O Palmeiras fechou a última janela de transferências sem contratar jogadores. A situação irritou a torcida, principalmente por ver adversários se reforçando mesmo em situação financeira pior. Ainda que o Verdão tenha fechado a janela sem conseguir contratações, não se pode dizer que o clube não tentou se reforçar.

+ Palmeiras foi o único clube de Série A que não trouxe jogadores da Europa em 2023

Não é novidade para ninguém que o principal alvo foi um "camisa 5" para a vaga de Danilo, vendido para o Nottingham Forest-ING no início de 2023, que segue sem uma reposição. Alguns nomes procurados pelo Alviverde no mercado foram os de Aníbal Moreno, Roberto Pereyra, Wendel e Santiago Hezze. Mas afinal, como estão desempenhando esses jogadores que o Palmeiras tentou contratar no mercado?

+ Você quer trabalhar no seu clube do coração? Matricule-se no curso Gestor de Futebol e entenda como!

ANÍBAL MORENO (RACING-ARG)

No final de julho, o Palmeiras tentou contar com o argentino Aníbal Moreno para a disputa da Libertadores, porém não teve sucesso. Isso porque o Racing-ARG negou a última investida do clube pela contratação do volante. Em entrevista ao GE, o diretor de futebol do Verdão, Anderson Barros, revelou que foi "ao limite" para tentar comprar o volante argentino, mas os hermanos não quiseram vendê-lo.

Os argentinos queriam 10 milhões de dólares livres de impostos, mas aceitavam uma composição dos mesmos 10 milhões (R$ 47,3 milhões), mas brutos, incluindo impostos e encargos. Mas os valores ainda estavam fora do orçamento palmeirense. Moreno foi o nome que mais agradou a comissão técnica e o Palmeiras na última janela de transferências. Aos 24 anos, o volante "camisa 5" foi o principal alvo alviverde no mercado e demonstrou vontade de jogar pelo clube. 

Aníbal Moreno é um dos pilares do Racing-ARG. Isso fica evidente pois, nos 28 jogos que disputou nesta temporada, foi titular em todos, ficando fora em apenas um. Sem muita presença de ataque, sendo mais decisivo na proteção à zaga, o volante marcou três gols e distribuiu três assistências até o momento na temporada. Sua importância para os argentinos torna-se indiscutível ao observar o aproveitamento do time quando o jogador está em campo: mais de 50%.

ROBERTO PEREYRA (UDINESE-ITA)

No início de setembro, o Palmeiras deu como praticamente encerrada a negociação com o argentino Roberto Pereyra. Isso porque o jogador optou por assinar um novo contrato com a Udinese, da Itália. Desde o início das conversas, os dirigentes palmeirenses sabiam da preferência do meia por permanecer no futebol europeu, deixando o Brasil e qualquer outro mercado em segundo plano.

De acordo com a apuração da reportagem, a proposta do Palmeiras era de 2 milhões de euros (R$ 10,7 milhões) por um contrato de 16 meses. A intenção do Verdão em negociar com Pereyra era a oportunidade que se apresentava bem no momento em que Dudu sofreu uma lesão grave no joelho e somente vai voltar a jogar em 2024.

Embora o estafe do atleta tenha se mostrado contente com a oferta alviverde, que também apresentava um projeto interessante ao argentino, a resposta ficava na condição das oportunidades no Velho Continente. O jogador optou pela Udinese.

Com apenas cinco jogos nesta temporada, o meia foi titular em apenas dois. Mesmo assim, ainda não contribuiu com gols nem serviu seus companheiros, apesar de ser um dos atletas que usa a braçadeira de capitão da equipe. Pereyra não tem sido tão decisivo como na última temporada, visto que sua equipe ainda não venceu, somando três empates e duas derrotas.

WENDEL (ZENIT-RUS)

Ainda na busca de um "camisa 5" para repor a saída de Danilo, o Palmeiras tentou a contratação de Wendel, do Zunit-RUS, em julho, mas também sem sucesso. No dia 18 de julho, os representantes do clube e do jogador se reuniram em São Paulo para tentar avançar em um possível acordo, mas os valores do negócio foram considerados muito altos e acima da realidade nacional.

Nos primeiros contatos entre o Alviverde e os russos, a pedida chegou na casa dos 20 milhões de euros (R$ 108 milhões na cotação atual). Além do valor da negociação, os salários também gerariam um elevado custo para o Verdão ao longo do contrato. Wendel desejava deixar o Zenit, mas os altos valores dificultaram o acerto com um novo clube.

Aos 26 anos, Wendel está no Zenit-RUS desde 2020. Antes de chegar ao futebol russo, ele passou pelo Sporting-POR, onde desembarcou em 2018, depois de ser vendido pelo Fluminense, seu clube de formação. O volante renovou com os russos até 2027, após o Flamengo tentar sua contratação também sem êxito.

Wendel faz um belo começo de temporada. Dos 14 jogos do time - somando Copa da Rússia e campeonato nacional - ele atuou apenas em três, sendo titular nas partidas restantes. Ainda, o meio-campista tem boa participação em gols: já são duas bolas na rede, além de ter feito quatro passes para gol no período. O atleta vem sendo um destaque positivo para o clube russo.

SANTIAGO HEZZE (OLYMPIACOS-GRE)

Após a busca fracassada por Aníbal Moreno, o Palmeiras foi atrás do volante Santiago Hezze, do Huracán-ARG, uma das promessas do futebol argentino para o meio-campo. Além de defender e ter boa capacidade na construção do jogo, Hezze se destaca por saber fazer gols, o que chamou a atenção de Abel Ferreira.

As conversas pelo volante iniciaram de forma otimista, com sinalizações positivas das partes envolvidas. O Palmeiras chegou a planejar uma oferta de 4 a 5 milhões de dólares (R$ 19 milhões a R$ 23,7 milhões) por 50% dos direitos do jogador. O Verdão tinha um prazo curto para negociar os valores e ainda precisava convencer o jogador, que vinha recebendo sondagens de clubes da Europa, o que não aconteceu.

Portanto, seguindo seu desejo de atuar na Europa, Santiago Hezze foi para o Olympiacos, da Grécia, atual time do ex-Palmeiras Gustavo Scarpa. O clube grego pagou 4 milhões de dólares (cerca de R$ 20 milhões) ao Huracán pelo jogador de 21 anos, que assinou por quatro temporadas.

Santiago Hezze chegou recentemente ao Olympiacos-GRE, mas já conseguiu cavar sua vaga no time: em oito jogos, o volante só não foi titular em dois. Apesar de não ter tido participações diretas em gols pela equipe grega, Hezze chegou para ser assumir a titularidade e, quando esteve em campo, o time ganhou cinco de oito partidas disputadas.

Últimas