Modalidades coletivas estreiam nos Jogos Universitários Brasileiros

Evento, que acontece até domingo (27) em Salvador, estreou diversas modalidades como o e-Sports e cheerleading (torcida). Aproximadamente 2.500 atletas disputam a competição

Lance

Lance

Lance

As competições da fase final dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) começaram na segunda-feira (22). No primeiro dia, estrearam o basquete, futsal, handebol e vôlei, modalidades que também encerram a competição com as finais no domingo (27).

Nesta terça-feira, a competição teve início para os acadêmicos, com várias modalidades, entre elas a disputa de artigos científicos relacionados ao esporte, eSports (Fifa e League of Legends), judô, karatê e vôlei de praia.

Aproximadamente 2.500 atletas e técnicos de 27 delegações desembarcaram em Salvador esta semana para participar dos Jogos, que é o maior evento de esporte universitário da América Latina. Para chegar até a Fase Final, os atletas participam de edições estaduais, que acontecem ao longo do ano e reúnem mais de 80 mil participantes. Os Jogos atuam ainda como seletiva para competições universitárias internacionais, como a Universíade, que recebe, a cada dois anos, mais de 10 mil participantes de 170 países.

A competição na Bahia recebe alguns atletas de destaque como Amandinha, do futsal. A jogadora também faz parte da seleção principal da modalidade e foi eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo.

Márcio Araújo, que conquistou a medalha de prata com Fabio Luiz no vôlei de praia nas Olimpíadas de Pequim, também participa da disputa, mas dessa vez na quadra. O cearense faz parte do time da UniAteneu (CE).

No basquete 3x3, modalidade que será novidade nas Olimpíadas de Tóquio em 2020, o JUBs tem a presença de Luana Ariescha, que está em sua oitava participação no torneio e esteve com a seleção brasileira no Pan de Lima.

No total, 13 modalidades fazem parte do programa da Fase Final. Na quinta-feira começam o basquete 3x3, cheerleading (nova modalidade de acrobacias e coreografias de torcedores) e natação. É possível conferir os resultados no site da Confederação Brasileira do Desporto Universitário.

- Uma saudação especial aos nossos heróis, vocês, atletas, que conseguem conciliar o esporte com o estudo. Aqui está a nata do esporte e nada melhor do que comemorar os 80 anos da CBDU aqui na Bahia - disse o vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário Alim Maluf Netoalou Maluf, na cerimônia de abertura do evento, na segunda à noite.

Para acender a tocha, foi convidado o judoca Diego Ferreira dos Santos, deca-campeão baiano. A competição é aberta ao público e é possível assistir aos jogos através do Facebook da CBDU.