Lance Meses antes do término, Éder Militão e Karoline Lima assinaram acordo de separação de bens

Meses antes do término, Éder Militão e Karoline Lima assinaram acordo de separação de bens

Zagueiro da Seleção Brasileira entrou em novo processo judicial contra a ex-namorada com relação a pagamento de pensão

Lance
Lance

Lance

Lance

Em mais um processo judicial, Éder Militão e Karoline Lima assinaram um acordo de união estável com regime de separação total de bens três meses antes de terminarem o relacionamento. O acordo durou até julho deste ano, quando os dois se separaram pouco tempo após o nascimento da filha do antigo casal. Com nova entrada na Justiça, Militão alega que a gravidez era de interesse financeiro da ex-namorada.

+ Confira memes de duelo entre Corinthians e Flamengo

Em abril deste ano, três meses antes do término, os dois assinaram documento para separação total de bens dentro da união estável. Os termos judiciais foram concretizados em Madrid, cidade do clube do zagueiro, o Real Madrid.

A influenciadora Karoline Lima se mudou para a casa de Militão em agosto de 2021, em Madrid. Em novembro do mesmo ano, ela engravidou de Cecília, que nasceu no dia 10 de julho de 2022. Poucos dias depois, o casal se separou.

Mesmo com o acordo pré-estabelecido antes do término do relacionamento, Militão processou a sua ex-namorada e alegou que a jovem engravidou por interesses pessoais e, sobretudo, financeiros.

Contudo, Karoline apresentou prints das conversas com o ex-namorado no Whatsapp que mostram as iniciativas do jogador com relação ao processo de gravidez.

Os prints são, respectivamente, de conversas realizadas em agosto e setembro de 2021. Na primeira imagem, o casal conversa sobre a retirada do DIU, método contraceptivo altamente eficaz.

eder militao karol

eder militao karol

Lance

Conversa realizada entre o casal em agosto de 2021 (Reprodução)

eder militao karol

eder militao karol

Lance

Éder Militão e Karoline falam sobre gravidez (Reprodução)

No processo, o zagueiro oferece o pagamento de pensão no valor de R$ 6.060. Ele argumenta que a quantia é justa e, como sustenta a sua família no Brasil, não pode pagar uma quantia maior de dinheiro.

Com contrato renovado em julho de 2022 para extensão de três anos, Éder Militão recebe cerca de R$ 36 milhões por ano, cerca de R$ 100 mil por dia. O valor não é calculado com as bonificações e patrocínios do atleta.

Na última quinta-feira, a influenciadora digital se pronunciou nas redes sociais e disse que não vai ficar calada em meio ao processo judicial.

- Tentei por muitas vezes resolver tudo da melhor maneira possível, sem envolver justiça, advogado, exposição nenhuma. Então, já que quer briga, vamos pra briga. E pode ter certeza que não me falta munição - disparou Karoline.

Últimas