Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Medalhista olímpica anuncia que será candidata à presidência do Comitê Olímpico do Brasil

As eleições para o cargo acontecerão ainda este ano

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

Medalhista de bronze do Pentatlo, em Londres - 2012, Yane Marques anunciou, nesta quinta-feira (21), que irá se candidatar à presidência do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A ex-atleta precisou se desligar das suas ativididades na Comissão de Atletas, para concorrer ao cargo.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- Agora é hora de viver um novo desafio, provocado pelos meus colegas da CACOB, que me escolheram para representar os atletas nas eleições do Comitê Olímpico do Brasil, que ocorrerão este ano. A experiência adquirida na Comissão de Atletas me tornou mais capaz e me encorajou a encarar mais essa prova - escreveu, Yane, em suas redes sociais.

Caso seja eleita, Yane Marques se tornará a primeira mulher, na história, a presidir o COB. A ex-atleta possui experiência no mundo de gestão do esporte. Medalhista olímpica, Yane era presidente da Comissão de Atletas (CACOB) e, ao ser escolhida pelo próprio grupo, precisou deixar suas atribuições na organização.

A ex-pentatleta carrega consigo a responsabilidade de somar os 12 votos da Comissão para a sua chapa. Ainda não há confirmação se Yane virá como presidente ou vice, de sua chapa. Em 2020, Yane chegou a ser convidada para a chapa de Paulo Wanderley - atual presidente - mas não aceitou. A tendência, agora, é que ela a medalhista olímpica venha em uma chapa de oposição.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.