Lance Mattos rebate críticas sobre sua gestão no Palmeiras e diz: ‘Muitas pessoas estiveram juntas no processo’

Mattos rebate críticas sobre sua gestão no Palmeiras e diz: ‘Muitas pessoas estiveram juntas no processo’

Sem clube, ex-diretor tem interagido nas redes sociais com torcedores do Verdão ultimamente

Lance
Lance

Lance

Lance

Muito ativo em suas redes sociais sobre qualquer assunto que envolva o Palmeiras nos últimos tempos, o ex-diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, rebateu críticas em seu Instagram, na última segunda-feira (24), relativas ao seu período à frente da direção executiva do Verdão de 2015 a 2019.

Confira quais jogos perderão os jogadores convocados para a próxima Data Fifa

A publicação listou diversas contratações fechadas por Mattos, apontando os valores gastos e os longos contratos firmados com atletas que não renderam o esperado com a camisa do Palmeiras, além de destacar o aumento da dívida com a Crefisa, responsabilizando o ex-diretor.

mattos instagram

mattos instagram

Lance

Reprodução/Instagram

Mattos respondeu em longo comentário, listando todas as vendas que fez enquanto diretor do Verdão, destacando que o papel de um dirigente é de gestão do clube, indo além das contratações. Ele afirmou ter organizado, resgatado a autoestima e o protagonismo do clube.

>> Confira a tabela completa do Brasileirão

comentário mattos

comentário mattos

Lance

Reprodução/Instagram

Questionado se havia feito tudo sozinho, ele voltou a responder, argumentando que da mesma forma que não pode receber todos os méritos, também não pode ser unicamente culpado pelos erros, destacando que a equipe de confiança trazida por ele (nomes como Cícero de Souza e João Paulo Sampaio) segue gerindo o clube mesmo após a sua saída.

Mattos resposta

Mattos resposta

Lance

Reprodução/Instagram

Alexandre Mattos chegou ao Palmeiras em 2015, no início da Era Crefisa, após período vitorioso no Cruzeiro. Pelo Verdão, conquistou a Copa do Brasil de 2015 e os Campeonatos Brasileiros de 2016 e 2018, se destacando pelo estilo agressivo no mercado da bola. Deixou o clube em 2019 após derrota para o Flamengo que derrubou também o técnico Luiz Felipe Scolari. Atualmente está sem clube, o executivo é próximo de Leila Pereira, favorita a assumir a presidência do Alviverde em novembro de 2021.

Últimas