Lance Marrocos supera a Espanha nos pênaltis, avança às quartas de final da Copa do Mundo e faz história

Marrocos supera a Espanha nos pênaltis, avança às quartas de final da Copa do Mundo e faz história

La Roja errou suas três primeiras cobranças, os Leões do Atlas falharam em apenas uma e conquistaram a melhor classificação da história do país norte africano

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

Marrocos fez história no Estádio Cidade da Educação. Depois de um jogo amarrado, mas em que tiveram chances até de vencer a Espanha, os Leões do Atlas passaram pelo 0 a 0 no tempo regulamentar, ganharam a disputa de pênaltis por 3 a 0 e avançaram. Nas quartas de final da Copa do Mundo, eles vão enfrentar os vencedores de Portugal x Suíça neste sábado. Foi a primeira vez que o país norte-africano passou das oitavas do Mundial.

ESPANHA EM DIFICULDADES
A Espanha tentou impor seu tradicional estilo de jogo desde o início, mas sofreu para passar pela marcação do Marrocos. Tanto que a primeira chance foi de Hakimi, aos 11 minutos. O chute foi por cima do gol. Os comandados de Luis Enrique só conseguiram assustar quando, aos 24 minutos, o goleiro Bounou saiu jogando errado e, depois, teve que fazer grande defesa. Menos mal que Asensio, autor da finalização, estava impedido. Dois minutos depois, o mesmo atacante chutou forte, de esquerda. Bola na rede, do lado de fora.

MARROCOS ASUSTA
Parecia que a La Roja estava entrando no jogo? Só parecia. O terço final da primeira etapa teve Maraoui gerando a primeira chance de real perigo para Simón. O lateral-esquerdo marroquino chutou forte, mas o goleiro defendeu em dois tempos. Houve tempo ainda para a bola rodar de um lado para o outro, Boufal cruzar e Aguard cabeceou por cima.

QUASE NADA
A segunda etapa seguiu o mesmo padrão: era a Espanha tentando atacar, mas sem impor velocidade, e os Leões do Atlas se defendiam com competência. Contudo, passavam longe de gerar contra-ataques eficientes. Olmo até chutou forte após cobrança de falta ensaiada antes dos dez minutos. O goleiro espalmou. Só que a dinâmica do jogo seguiu até o terço final. Morata foi no fundo, cruzou, mas ninguém acompanhou... do outro lado, dois contra-ataques ameaçaram a paz de Simón, mas sem efeito prático. Olmo cobrou falta com perigo no último lance, Bounou defendeu e a prorrogação se obrigou.

CHEDDIRA, QUERIDO...
​A prorrogação começou com Cheddira recebendo em profundidade, mas tendo a bola roubada ao tentar chutar. Grande chance perdida pelos Leões do Atlas., que tiveram outra aos 12 minutos. O mesmo Cheddira recebeu na marca do pênalti, mas jogou a melhor chance do jogo em cima do goleiro Simón. Na segunda etapa, o mesmo atacante teve outra oportunidade. Entrou na área, mas se atrapalhou e não conseguiu finalizar. Sarabia teve uma chance no último lance da prorrogação, mas acertou a trave.

PÊNALTIS PARA A HISTÓRIA
Sarabia chutou a primeira espanhola na trave. Soler cobrou mal e Bounou pegou. Benoun consagrou Simón ao também cobrar mal, mas Bounou acertou o canto e pegou também a cobrança de Busquets. Marrocos nas quartas!

-> Confira a tabela da Copa do Mundo

FICHA TÉCNICA
MARROCOS 0 (3) X (0) 0 ESPANHA

Estádio: Estádio Cidade da Educação, Doha (QAT)
Data e hora: 6/12/2022, às 12h (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Juan Pablo Belatti (ARG) e Diego Bonfa (ARG)
Árbitro de vídeo: Mauro Vigliano (ARG)
Público presente: -

Gols: -
Pênaltis: Sabiri (1x0), Ziyech (2x0), Hakimi (3x0)

Cartões amarelos: Saiss (MAR); Llorente (ESP)
Cartões vermelhos: Não houve

MARROCOS: Bounou; Hakimi, Saiss, Aguerd (El Yamiq, 38'/2ºT), Mazraoui (Attiah Allah, 37'/2ºT); Ounahi (Benoun, 14'/2ºT.p), Amrabat, Amallah (Sabiri, 37'/2ºT); Ziyech, En-Nesyri (Cheddira, 37'/2ºT), Boufal (Ezzalzouli, 20'/2ºT) - Técnico: Walid Regragui.

ESPANHA: Simón, Llorente, Rodri, Laporte e Alba (Balde, 7'/1ºT.p); Busquets, Gavi (Soler, 17'/2ºT) e Pedri; Ferrán Torres (Williams, 30'/2ºT, Sarabia, 29'/2ºT.p), Asensio (Morata, 17'/2ºT) e Olmo (Ansu Fati, 7'/1ºT.p) - Técnico: Luis Enrique.

Últimas