Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Manipulação: Bauermann é punido com gancho, e outros dois são banidos do futebol

Oito jogadores foram julgados na sessão desta quinta-feira (1)

Lance|

Lance
Lance Lance

A sessão desta quinta-feira (1) do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu sete jogadores por envolvimento no caso dos esquemas de apostas. Dois atletas tiveram a pena mais rígida e foram banidos do futebol, enquanto Bauermann, do Santos, foi condenado a 12 jogos de suspensão.

Gabriel Tota, ex-Juventude, foi o primeiro banido e o que recebeu a pena mais dura. Além de não exercer mais a profissão, o ex-jogador ainda terá que arcar com R$ 50 mil de multa. A punição se deu devido ao aliciamento de outros atletas da equipe para participar da manipulação de partidas e por ter levado cartão amarelo. O goleiro Matheus, ex-Sergipe, também foi afastado do futebol.

Por não ter levado cartão em nenhum dos dois jogos combinados e posteriormente ter devolvido os R$ 200 mil aos apostadores, Eduardo Bauermann teve uma punição mais leve. A relatora do processo, Adriane Hassen, desclassificou a ação do atleta para agir contrariamente à ética desportiva. Sendo assim, ficou determinado a cumprir seis jogos de suspensão por cada partida acertada: totalizando 12. O atleta se emocionou no momento do julgamento.

Paulo Miranda e Moraes, ambos ex-Juventude, também foram punidos. O primeiro recebeu uma pena total de mil dias de suspensão e multa de R$ 105 mil. Já o Onitlasi Júnior de Moraes Rodrigues ficará afastado por 760 dias e terá que pagar R$ 30 mil.

Continua após a publicidade

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

OUTRAS PUNIÇÕES

Continua após a publicidade

Igor Cariús - Denúncia não foi aceita

Fernando Neto (ex-Operário) - 380 dias de suspensão e multa de 15 mil

Kevin Lomónaco - 380 dias de suspensão e multa de R$ 25 mil

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.