Luxa lembra carimbo de qualidade e entrada no 'bolo do São Paulo' em 93

Treinador recorda que títulos conquistados em sua primeira passagem pelo Palmeiras, há 27 anos, firmou seu nome no futebol, e fala de afirmação em Choque-Rei no Morumbi

Lance

Lance

Lance

Em meio à pausa do futebol por conta da pandemia do coronavírus, Vanderlei Luxemburgo lembra o seu primeiro título no Palmeiras: o Campeonato Paulista de 1993. A conquista acabou com um jejum de quase 17 anos no clube e, pessoalmente, carimbou a qualidade do técnico, que admitiu ter chegado ao Verdão pressionado por não ter fama, mesmo tendo sido campeão estadual à frente do Bragantino, três anos antes.

- Comecei a ganhar o carimbo da minha qualidade como profissional. O título com o Bragantino foi importantíssimo, porque ganhar dos grandes é muito difícil, mas, com o Palmeiras, carimbou. Depois, na sequência, veio o Brasileiro. Aí, carimba muito mais - disse o treinador, em entrevista publicada nesta terça-feira na página do clube no Facebook (veja abaixo).

- Começa a surgir a abertura de um novo processo no futebol. Vim trazendo muita novidade para o futebol, muitas coisas até hoje usadas. Trouxe com a cabeça um pouco diferente e fomos mudando muitos conceitos dentro do futebol - prosseguiu o comandante, hoje em sua quinta passagem pelo Verdão.

Depois do título paulista, Luxemburgo lembra outro momento de afirmação. Em 4 de dezembro de 1993, o Palmeiras venceu o São Paulo por 2 a 0, no Morumbi, oito dias antes de o rival conquistar o bicampeonato mundial, e o Tricolor ainda era o atual bicampeão da Libertadores e, no ano anterior, tinha derrotado o Verdão na final do Campeonato Paulista.

- O Corinthians é um rival muito forte, mas o grande time do momento era o São Paulo. Aquela vitória marcou muito, porque passou a ser Palmeiras e São Paulo brigando pelo espaço. Em palestras que faço, coloco que o São Paulo tinha o bolo, e começamos comendo pedacinho e entrando no bolo do São Paulo, no pedaço deles. Aquela vitória foi bem caracterizada de um Palmeiras muito forte, chegando ao nível do São Paulo - recordou Luxemburgo.

Em clássicos, contudo, a primeira passagem do técnico no Palmeiras ficou marcada por duelos diante do Corinthians. O título paulista de 1993 veio em um Dérbi, em 12 de junho, e, em agosto, com vitória por 2 a 0 na primeira final e 0 a 0 na segunda, o Verdão levou o Rio-São Paulo contra o maior rival, e poupando seus principais jogadores ao longo da competição - no ano seguinte, o bicampeonato brasileiro chegou também ante os alvinegros.

- Vem o elenco, né? Tínhamos Jean Carlo e Maurílio no elenco, muito bons jogadores. Dava para disputar. E Edilson e Edmundo fizeram toda a diferença. Ganhamos deles sem o nosso time principal, mas acreditamos que poderíamos ganhar e ganhamos. Aí, começamos a ter vantagem na rivalidade contra o Corinthians, uma rivalidade, mas que mexe conosco. Na sequência, tiveram outros Corinthians x Palmeiras, até decidiram Brasileiro - falou Luxemburgo.

Veja a entrevista de Vanderlei Luxemburgo postada no Facebook do Palmeiras: