Luxa cumpre promessa: Palmeiras é o clube que mais dribla no Paulista

Em sua apresentação, o treinador ressaltou o drible como grande diferencial para o futebol brasileiro ser vitorioso, e o time se destaca no quesito entre os 16 que disputam o Estadual

Lance

Lance

Lance

Ao ser apresentado no Palmeiras para esta quinta passagem pelo clube, em 20 de dezembro de 2019, Vanderlei Luxemburgo foi questionado a respeito de esquema tático e respondeu ressaltando que o grande diferencial do futebol brasileiro é o drible. E o time tem mostrado esse fator no Campeonato Paulista: nenhum dos outros 15 participantes usou mais o quesito do que o Verdão.

De acordo com números do Footstats, o Palmeiras aplicou 107 dribles em dez partidas no Estadual, 17 acima dos 90 dados pelo Santos, segundo colocado no quesito. Em média, o Verdão dá quase 11 dribles por jogo, o que significa uma finta em adversários a cada oito minutos. No total, os comandados de Luxemburgo acumulam 71 dribles corretos e 36 equivocados.

Por outro lado, as 36 tentativas que não tiveram sucesso fazem do Palmeiras, também, o time que mais erra dribles. O índice de acerto é de 66,4%, apenas o décimo entre os 16 participantes. O número, porém, demonstra como os jogadores são encorajados a tentar a jogada individual, como prega o técnico.

- Discutem esquema tático como se fosse o mais importante, mas a essência é: ganhamos porque driblamos. Ganhamos porque fazemos coisas diferentes. Se tirar isso, perdemos. Quando se dá pontapé inicial, muda a coisa toda, acabou 4-2-3-1 e essas cosias. O Dudu mudava da direita para esquerda toda hora, e depois por dentro. Quero que essas coisas não se percam, são a essência do Brasil, sem se preocupar com número. Precisa ser girando, com rotação muito grande - disse Luxemburgo, em sua apresentação, em 19 de dezembro, em filosofia que agradou até nas categorias de base do Palmeiras.

- Temos atletas de lado de campo, dribladores, que não são fáceis de encontrar no mercado. Temos isso como escola, e casa muito com o que o Palmeiras quer e necessita e com o que o Luxemburgo gosta. Não à toa, o jogador é o grande ídolo por ter esse recurso - indicou João Paulo Sampaio, coordenador das categorias de base do clube, ao LANCE!, em dezembro, quando explicava sobre atletas que subiam ao time principal (como Gabriel Veron e Wesley).

Na análise individual, Dudu é o segundo que mais dribla em todo o Campeonato Paulista: 24, sendo superado apenas pelos 26 de Soteldo, do Santos. Na prática, o camisa 7 é responsável por 22,4% das 107 fintas do Palmeiras no torneio - ou seja, a cada quatro dribles do time no Estadual, é bem provável que um tenha sido do atacante.