Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ljubicic: 'Única forma de Federer parar era o corpo não ser capaz de continuar'

Ex-treinador de Federer explica a razão de sua aposentadoria

Lance|

Lance
Lance Lance

O croata Ivan Ljubcic concedeu uma entrevista ao site francês Tennis Majors e falou muito sobre o seu período de trabalho como teinador de Roger Federer. Último treinador suíço, o croata diz que foi o corpo que o forçou a se aposentar.

"Acho que o físico foi a única maneira de ele parar, honestamente. Acho que não havia outro jeito. Sua habilidade não diminuiria. Sua forma física talvez, com o tempo, ele fosse um pouco mais lento, um pouco isso, um pouco aquilo, mas sua genialidade ainda o manteria no topo, tanto faz, cinco. Sinceramente, acho que a única maneira de ele parar era o corpo não ser capaz de continuar. Olhando para trás, porque ele gosta muito, não teve como ele tomar a decisão de parar de jogar porque, sei lá,: ‘eu não quero mais jogar’. Isso nunca aconteceria", opinou o croata.

Questionado sobre como Federer deve estar buscando a felicidade no tempo pós tênis, Ljubicic comentou: "A genialidade dele também é encontrar alegria em tudo o que faz, até nas coletivas de imprensa, no encontro com as pessoas, na convivência com os patrocinadores, ele sempre gostou disso. Não necessariamente vem automaticamente, mas ele encontra uma maneira de aproveitá-lo. E acho que essa é a chave pela qual você pode continuar por tanto tempo e realmente se divertir. E o tênis, é algo diferente. Quer dizer, sempre que ele vê a raquete, qualquer tipo de raquete, ele pega e começa a balançar. Você sabe, é apenas amor por bater aquela bola é muito grande".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.