Lance Lisca lamenta falhas do Vasco e critica arbitragem: 'Não tem como dar um impedimento daquele'

Lisca lamenta falhas do Vasco e critica arbitragem: 'Não tem como dar um impedimento daquele'

Durante a coletiva de imprensa, o treinador afirmou que a equipe não podemos mais errar e perder pontos importantes. Ele também relembrou outros lances polêmicos contra o time

Lance
Lance

Lance

Lance

O Vasco novamente pecou em erros individuais e apenas empatou por 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, penúltimo colocado, em São Januário. Um lance polêmico tomou conta do jogo, já que a arbitragem marcou impedimento no primeiro gol da Daniel Amorim, mas o jogador estava bem atrás. Na coletiva de imprensa, Lisca lamentou os erros individuais do time e criticou a decisão da arbitragem.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

- Os erros individuais são difíceis para o treinador resolver. Talvez mudando o time, mudando situações. Mas nós não podemos mais errar. Não adianta errar e pedir desculpas, dizer "eu errei". "Desculpa errei de novo". Não podemos mais entregar gols como vem acontecendo. Mas nenhum erro é de propósito, nenhum jogador entra ali para errar. Os erros acontecem durante a partida. Infelizmente, para nós, em lances capitais do adversário. Hoje o Brasil praticamente não criou nenhuma chance - disse o treinador, e em seguida explicou as possíveis soluções:

+ ATUAÇÕES: Daniel Amorim marca e empata para o Vasco; Vanderlei falha feio e Cano perde pênalti em São Januário


- Demos o gol para o Brasil. A solução vem na conversa. No comprometimento dos jogadores e na alternância dos jogadores, vamos estudar para minimizar isso e diminuir essa sequência de erros individuais que atrapalham, principalmente quando você está superior no jogo e acaba saindo atrás. Mas a equipe lutou, batalhou, os meninos entraram bem - analisou.

No segundo tempo ,quando o Vasco estava atrás no placar e pressionava, Andrey chutou de fora da área e acertou a trave do goleiro do Xavante. No rebote, Daniel Amorim colocou a bola no fundo da rede. A arbitragem marcou impedimento e não consultou o VAR. A CBF alegou que não pode traçar as linhas, algo que já aconteceu no passado com o Vasco, no jogo contra o Internacional na temporada passada.

-Gente, desculpa, mas o gol anulado. É lamentável o que aconteceu hoje aqui em São Januário. Dentro de São Januário, com VAR e tudo, com bandeira, VAR em cima, juiz, comunicação. Não tem como dar um impedimento daquele. Não tem como, acabei de ver o lance lá dentro. O Daniel vem de trás depois do chute do Andrey. Está bem claro, tem dois zagueiros dando condição. OP zagueiro mais aqui pelo lado direito Além dos nossos erros, estão errando demais contra nós. A arbitragem errou no jogo do São Paulo, errou hoje de novo, errou no ano passado, no jogo capital do Vasco contra o Internacional . Também não teve as linhas traçadas, e agora - criticou, e emendou:

- Vocês vão dizer "Ah, a arbitragem, polêmica", Mas hoje o jogo foi decidido pela arbitragem. Um impedimento ridículo que foi marcado. O bandeira foi no protocolo esperando as linhas. Tem que rever esse protocolo. Porque o bandeira levanta, vamos olhar o lance. Mas não tem como olhar. E prevalece a decisão do campo, totalmente equivocada. Não sei o nome do bandeira. Mas oque vai acontecer Não vai acontecer nada. Já foram várias vezes contra o Vasco. É difícil temos que manter a cabeça no lugar, corrigir os erros ara segunda-feira. Muita conversa, treinar muito, ser bem assertivo e erro 0 nos próximos jogos. Estamos no estando de emergência e os erros nos atrapalham muito nos resultados - finalizou.

O Vasco volta a campo na próxima segunda-feira, às 20h, na Ressacada, diante do Avaí. O jogo será válido pela vigésima terceira rodada da Série B, a quarta do returno.

Últimas